23 outubro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

A inauguração da estação telegráfica das Caldas das Taipas (1878)

António José Oliveira
Opinião \ quinta-feira, fevereiro 25, 2021
© Direitos reservados
A inauguração desta estação telegráfica nas Taipas, obrigou à colocação prévia de postes de telégrafo elétrico entre a cidade de Guimarães e as Caldas das Taipas.

Consultando o jornal “O Imparcial”, bissemanário vimaranense, que se publicava às terças e sextas feiras, na sua edição de  7 de junho de 1878, encontrámos uma breve notícia intitulada “Inauguração”, na qual temos referência à inauguração de uma estação telegráfica nas Caldas das Taipas, ligando esta povoação termal à sede do município. Trata-se de um artigo inserto na página 3, muito conciso, ocupando apenas um paragrafo. Infelizmente, não nos é dito a localização desta estação telegráfica.

Consultando a monografia “Guimarães: Apontamentos para a sua História”, do Padre António José Ferreira Caldas , editada em 1881, no capitulo dedicado à telegrafia elétrica, este estudioso afirma que a 1 de junho de 1878, inaugurou-se a linha telegráfica para as Taipas, funcionando durante a estação balnear, entre os meses de maio a outubro. Segundo este monografo vimaranense, o telegrafo elétrico entre Guimarães e as Caldas de Vizela foi inaugurado dois anos antes, a 20 de junho de 1876. Tal como sucedia nas Taipas, a estação telegráfica de Caldas de Vizela, apenas trabalhava durante os meses de funcionamento das termas.

A linha telegráfica em Guimarães, segundo o Padre António Caldas, iniciou-se a 16 de maio de 1861, “servindo-lhe de estação duas salas sobre o claustro do extinto Convento de São Domingos”.

Em suma, será em 1878, que os Taipenses e todos os aquistas, que nas Taipas procuravam as águas termais para os seus tratamentos termais, oriundos de diversos pontos do País, iriam ter acesso ao telégrafo, principal sistema de comunicação a longa distância nos séculos XIX e inícios do século XX. Como podemos aferir, terá sido o desenvolvimento da indústria termal e hoteleira nas Taipas, que permitiram a criação de uma estação telegráfica.

Em Portugal, os serviços telegráficos foram abertos ao público em geral, no ano de 1857. O telégrafo utilizava códigos para que a informação fosse transmitida por fio, de forma confiável e segura. O principal código utilizado pelo telégrafo foi o código Morse, que surgiu com a criação do telégrafo elétrico na década de 30, do século XIX.

A inauguração desta estação telegráfica nas Taipas, obrigou à colocação prévia de postes de telégrafo elétrico entre a cidade de Guimarães e as Caldas das Taipas. Esta estação telegráfica representou um significativo melhoramento ao nível das comunicações entre as Caldas das Taipas e a cidade de Guimarães.