01 outubro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

2021 foi assim... e 2022 como será?

Augusto Mendes
Opinião \ quarta-feira, janeiro 05, 2022
© Direitos reservados
As obras do Centro vão andando, com bastantes imprevistos é certo, mas aqui esperemos que 2022 seja melhor…

Num ano completamente atípico como foi 2021, devido a esta pandemia que teima em chatear, pudemos ainda assim presenciar alguns acontecimentos que devemos aqui registar em jeito de balanço do ano que agora termina.

Foi em 2021 que vimos concretizados alguns dos projetos que ajudaram a elevar a qualidade de vida dos Taipenses e de todos que nos visitam.

A conclusão da tão esperada requalificação da Alameda Rosas Guimarães.

O alargamento do parque de lazer da Praia Seca que permitiu a criação de zonas de apoio balnear e ainda de uma zona desportiva.

A conclusão do projeto do trilho ecológico do ave, para mim o projeto mais importante, agora concluído desde a Praia Seca às Levadas do Arquinho, intervenção que permitiu ainda implementar o projeto do Dr. Pedro Teiga, para estabilização das margens e plantação de espécies arbóreas adequadas à zona ribeirinha.

A conclusão da empreitada do Antigo Mercado, já em funcionamento com três espaços de restauração e uma sala multiusos que tem permitido diferentes atividades. A Vila Natal no antigo Mercado foi a cereja no topo do bolo. Estava fantástico. O lema da comissão, DAR VIDA À VILA, foi conseguido na plenitude! Parabéns à Comissão e aos comerciantes que foram fantásticos na sua participação e colaboração.

Pena não ter sido possível realizar todas as atividades.

A Horta pedagógica foi também uma realidade em 2021. Tem sido um prazer acompanhar o crescimento daquele espaço, mas principalmente tem sido importante presenciar o espírito de comunidade criado naquele local!

As obras do Centro vão andando, com bastantes imprevistos é certo, mas aqui esperemos que 2022 seja melhor…

Já mais para o final tivemos as eleições autárquicas, e se havia quem tivesse dúvidas as mesmas foram esclarecidas, cabalmente, pelos Taipenses que deram à equipa de Luís Soares a força necessária, numa maioria absoluta forte que permite dar continuidade ao projeto que vimos seguindo desde 2017. Não era mesmo tempo de voltar para trás!

Mas o início de 2022 leva-nos novamente a votos. Temos eleições legislativas onde, nas listas do Partido Socialista do distrito de Braga, temos o orgulho de ter dois Taipenses em lugar potencialmente elegível, Elisabete Matos, escolhida pela estrutura nacional e Luís Soares em representação da concelhia Vimaranense. Têm aqui os Taipenses uma responsabilidade acrescida numas eleições em que é importante saia uma solução duradoira e estável. A ingovernabilidade será o pior que pode acontecer ao país nesta fase pandémica, mas de recuperação económica, em que quem toma decisões deve ter a experiência governativa que o momento exige.

Bom Ano 2022 a TODOS!

 

ndr: artigo publicado originalmente na edição de janeiro de 2022 do jornal Reflexo