23 outubro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

19 de Junho – Dia de afirmar as Taipas

Augusto Mendes
Opinião \ segunda-feira, julho 26, 2021
© Direitos reservados
Como tivemos também oportunidade de dizer, as Taipas vão ficar com condições extraordinárias para o regresso do turismo.

Celebramos no passado dia 19 de Junho os 81 anos da elevação da povoação de Caldas das Taipas a Vila.

Mas, mais do que uma celebração, o dia 19 de Junho deve ser um dia de afirmação da nossa terra, das nossas gentes e das nossas instituições. Somos uma vila com história, com um passado que nos deve orgulhar e deve servir de farol para o futuro.

E foi isso que fizemos!

Respeitamos o passado, reconhecendo o mérito a todos aqueles que desde que vivemos em democracia serviram a nossa terra como Presidentes de Junta.

Reconhecemos o mérito a dois homens que foram importantes na educação de várias gerações e nos últimos 30 anos se dedicaram a eles.

Reconhecemos ainda aqueles que se dedicam todos os dias de alma e coração à nossa terra.

Mas a afirmação da nossa terra faz-se também com o presente e o futuro.

No presente tivemos a possibilidade de falar da importância das ações que estão em curso na nossa Vila. A Alameda Rosas Guimarães, agora inaugurada, a requalificação do centro, a horta comunitária, o antigo mercado, o parque de lazer da Praia Seca, as várias ruas da freguesia requalificadas, a ecovia do Ave desde a Praia Seca às Levadas do Arquinho, os projetos e ações da Brigada Verde, a requalificação de todo o parque escolar com escolas das melhores do país, tudo isto são coisas do presente das quais vamos usufruir e teremos de potenciar no futuro.

Com tudo o que está em curso, estamos a criar condições para que as Taipas tenham condições de topo para cá se viver com uma qualidade de vida acima da média. Embora para quem queira cá viver temos ainda um “calcanhar de aquiles” que é a oferta de habitação. Devido à pouca oferta existente os preços estão bastante elevados. Será necessário criar condições para a construção de mais habitação para que os preços possam normalizar.

Mas, como tivemos também oportunidade de dizer, as Taipas vão ficar com condições extraordinárias para o regresso do turismo. Com o rio devolvido ao povo, com a criação de melhores condições nos parques de lazer, com a Praia Seca classificada como zona balnear, uma luta que deve ser de todos, com as nossas termas, com o nosso parque de campismo remodelado, teremos de ter agora uma ajuda importante da Câmara Municipal de Guimarães, e do seu departamento de turismo em particular, para que possam colocar as Taipas no topo das suas prioridades e para que possamos ser uma ajuda para fixar turistas por mais dias no nosso concelho e possamos ser uma ajuda no desenvolvimento económico do nosso concelho.