13 julho 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Quinta doença

Ana Menezes
Opinião \ sexta-feira, julho 05, 2024
© Direitos reservados
Existem várias doenças que nas crianças se apresentam com alterações cutâneas. A infeção vírica causada pelo parvovírus humano B19 é a quinta da lista e por isso é chamada de “quinta doença”.

As infeções víricas em pediatria são muito frequentes e a grande maioria delas são benignas e alto limitadas, necessitando apenas de tratamento de suporte (controlo da febre, hidratação da pele e do corpo, vigilância em casa).

Existem um grupo de doenças que muito frequentemente atingem a pele, tal como o sarampo, a escarlatina, a varicela, a doença mãos-pé-boca e o exantema súbito entre outras. A quinta da lista é o eritema infecioso ou também chamado de “doença da bofetada”. O vírus que a provoca é o parvovírus humano B19 que se dissemina por gotículas expiradas das pessoas infetadas e é mais frequente nos meses da primavera. O período de contágio termina com o aparecimento da erupção cutânea, e tem um período de incubação de 4 a 14 dias.

Os sintomas são ligeiros como febre, dores musculares, dores de cabeça, pingo do nariz e o aparecimento de forma simétrica de alterações da pele da face (bochechas), dos braços, das pernas e do tronco, sem atingir as palmas e as plantas dos pés, e que pode causar comichão. As alterações da pele são manchas vermelhas que desaparecem ao carregar na zona. Após o banho e a exposição solar fica pior.

A infecção em crianças saudáveis é benigna, sendo de maior precaução quando atinge crianças com doenças do sistema imunitário e em grávidas onde podem ocorrer complicações.

As manchas na pele regridem dentro de 10 dias a 3 semanas

O tratamento é baseado no alívio de sintomas como a febre, dor ou comichão. Os casos especiais poderão necessitar de outro tipo de medicação.

Para prevenir devemos higienizar bem as mãos e evitar contacto com pessoas doentes e adotar medidas de etiqueta respiratória (cobrir a boca e o nariz ao tossir e espirrar, usar um lenço de uso único e colocá-lo no lixo depois de usado, lavar as mãos com sabão ou higienizar com a solução alcoólica e evitar tocar no nariz, olhos e boca).