09 dezembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Apoios desportivos 2022: CART recebe 71.500 euros e CC Taipas 62.500

Tiago Dias
Desporto \ terça-feira, fevereiro 22, 2022
© Direitos reservados
Os dois clubes taipenses com mais atletas receberam as verbas mais significativas da Câmara Municipal entre todos os emblemas da vila nos subsídios para a época 2021/22.

O Centro de Actividades Recreativas Taipense (CART) e o Clube Caçadores das Taipas foram os dois emblemas que mais dinheiro receberam da Câmara Municipal de Guimarães, ao abrigo do contrato-programa de apoio ao desporto da Câmara Municipal de Guimarães para a temporada 2021/22, entre as oito associações contempladas na vila de Caldas das Taipas.

Responsável pela prática de hóquei em patins, de voleibol, de patinagem, de karaté e de quadcross, o CART recebe 71.500 euros, verba repartida por quatro áreas: a maior fatia, de 50 mil euros, respeita ao “pagamento de taxas de urbanização e construção de novos balneários do pavilhão no total de 200 mil euros, a pagar em quatro anos”, lê-se na agenda da reunião do executivo municipal agendada para quinta-feira.

O clube sediado na Charneca recebe ainda 15 mil euros para apoio à formação, cinco mil euros que transitam de 2021, para “instalação de nova caldeira”, devido “a uma avaria em que a sua substituição teve que ser imediata, sob pena de parar a sua atividade desportiva”, e 1.500 euros para apoio à participação de Ricardo Rodrigues nas provas de quadcross.

Já o Clube Caçadores das Taipas recebe 45 mil euros para “obras nos balneários, zonas de apoio, e iluminação campo jogos em LED”. Essa intervenção está avaliada em 125 mil euros, estando prevista a atribuição de 40 mil euros em 2023 e de outros 40 mil em 2024. O emblema do Montinho vai receber ainda 10 mil euros para apoio à formação e 7.500 para o “pagamento de taxas urbanísticas”.

Entre os outros clubes da vila, o Clube de Ténis das Taipas é o terceiro que mais dinheiro recebe, com 48 mil euros para “renovação dos balneários, bar, dos pisos do court de ténis e demais elementos envolventes”, intervenção calendarizada até 2024, segundo um total de 145 mil euros. A associação vai ter ainda 1.500 euros para apoio à formação – 1.000 respeitantes a 2022 e 500 que transitam do ano passado.

Já o Clube de Ténis de Mesa das Taipas vai dispor de cinco mil euros para “aquisição de mesa, robot e contadores de ténis de mesa e uma viatura de nove lugares”, de 2.500 para apoio à formação e ainda de 750 euros para a organização do 13.º torneio de ténis de mesa das Taipas.

A Escola de Judo para Todos recebe exatamente os mesmos 8.250 euros: cinco mil para “tapete e diversos equipamentos”, 2.500 para formação e 750 para torneios anuais. Já o Clube de Rope Skipping das Taipas (“Molinhas”) recebe 4.000 euros – 2.500 para formação e 1.500 para a deslocação ao campeonato da Europa. O Núcleo de Atletismo das Taipas recebe 3.000 euros - 2.000 para formação e 1.000 para o Grande Prémio de Atletismo das Taipas, que transita de 2021, enquanto o Moto Clube das Taipas vai receber 2.000 euros para a concentração motard das Taipas.

 

Sintéticos em Sande São Martinho e Santo Estêvão de Briteiros

Entre o valor total de 1,96 milhões de euros inscrito no contrato-programa municipal para o desporto referente à época 2021/22 – inclui as verbas que transitaram das épocas passadas -, há outros projetos apoiados que sobressaem a norte de Guimarães: são os casos dos relvados sintéticos do Santo Estêvão, no Campo da Fraga, já em construção, e do Sandinenses, ao lado do Campo Dona Maria Teresa. Ambos os clubes recebem, neste ano, 50 mil euros para infraestruturas avaliadas em 200 mil – o prazo dos contratos é de quatro anos. Há ainda um outro sintético, para futebol de 7, a construir em Barco, com o apoio de 150 mil euros à Junta de Freguesia.

Na lista, constam ainda os 70 mil euros que o clube de Sande São Martinho utilizou para converter a iluminação do Campo Dona Maria Teresa para LED, 61.300 euros para as obras nos balneários e nas bancadas do Clube Operário de Campelos e 30 mil euros para a requalificação da cobertura da bancada do campo do CD Ponte.