28 novembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Rock e Rojões: 220 rojões, “porque não cabiam mais”, cumpriram a tradição

Redação
Sociedade \ terça-feira, novembro 22, 2022
© Direitos reservados
Evento voltou a realizar-se três anos depois. Lotação esgotada num “ambiente que não se alterou".

O último sábado foi sinónimo de Rock e Rojões na Casa do Povo de Biteiros. A lotação esgotou, foram 220 rojões, “porque não cabiam mais”, no regresso desta iniciativa que voltou três anos depois do interregno provocado pela pandemia.

Apesar das desconfianças iniciais, o balanço da organização é “positivo”, de acordo com Zezinho, um dos elementos da organização. A ementa foi a habitual, rojões e papas, que “estavam muito boas”, servindo de abastecimento para a animação que se prolongou noite dentro.

“O povo veio com a pica toda”, refere Zezinho ao Reflexo, frisando que o facto de o Rock e Rojões não se realizar nos três últimos anos, de alguma forma, contribuiu para que este fosse “um dos melhores anos”.