15 abril 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Portugal entra em novo confinamento e “a regra é simples: ficar em casa”

Redação
Sociedade \ quinta-feira, janeiro 14, 2021
© Direitos reservados
Como consequência da escalada de infeções da Covid-19 Portugal, entra às 00horas desta sexta-feira num novo confinamento generalizado em que vigora o “dever de recolhimento domiciliário”, segundo deu conta António Costa após o conselho de ministros realizado esta quarta-feira.

“A regra é simples: ficar em casa”, referiu o primeiro ministro. O confinamento implica regras semelhantes às que foram aplicadas em março e abril no primeiro confinamento, com algumas diferenças, sendo a mais relevante a manutenção das escolas abertas.

As principais medidas são: dever de permanecer em casa, teletrabalho obrigatório, comércio encerrado (salvo estabelecimentos autorizados), ginásios, pavilhões e recintos desportivos encerrados e restaurantes, bares e cafés apenas funcionam em regime take-away ou entrega ao domicílio.

Fruto deste confinamento entidades como a Tempo Livre e A’Oficina já anunciaram o encerramento dos espaços desportivos e culturais que gerem, assim como a suspensão das atividades programadas.

Na sua intervenção António Costa vincou que “as coimas relativas à violação de qualquer das normas de contenção da pandemia, desde logo a obrigatoriedade de uso de máscara na via pública, são duplicadas, dando um sinal claro de que é fundamental um esforço acrescido para conter a pandemia no seu momento mais perigoso”.

Poder ver nesta ligação as principais normas resultantes do conselho de ministros.