17 setembro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Instalação do Supercomputador publicada em Diário da República

Redação
Ciência & Tecnologia \ quarta-feira, maio 19, 2021
© Direitos reservados
Instalação do Supercomputador Deucalion em Guimarães, no AvePark, visa a criação de uma comunidade de energia sustentável.

Maximizar a utilização de fontes renováveis de energia na operação do supercomputador Deucalion, recorrendo ao Fundo de Eficiência Energética e ao Fundo de Apoio à Inovação, através da criação de uma comunidade de energia sustentável no Avepark, é dos principais objetivos para a instalação do supercomputador, conforme a resolução do Conselho de Ministros, e publicado esta segunda-feira (17 de maio) em Diário da República.

Guimarães passa ainda a integrar a Rede Nacional de Computação Avançada com um Centro Operacional para a monitorização e implementação da estratégia ACP.2030 no âmbito do envolvimento de Portugal nas iniciativas europeias em computação avançada.

A criação de uma infraestrutura de computação avançada alimentada exclusivamente por fontes renováveis de energia é um desígnio da estratégia ACP.2030 para o Minho Advanced Computing Centre (MACC), a qual coloca um conjunto de desafios, desde a conceção do sistema de supercomputação, à gestão operacional do computador.

A expansão do MACC e a instalação do supercomputador Deucalion insere-se num projeto de médio e longo prazo com instalação de uma unidade de produção de energia e subsequente criação de uma Comunidade de Energia Renovável no Avepark, com o objetivo de atingir elevados graus de sustentabilidade ambiental da computação de alto desempenho, incluindo o aproveitamento de calor emitido pelo supercomputador.

Esta iniciativa pretende constituir-se como um exemplo europeu de sustentabilidade ambiental da computação de alto desempenho, combinando de forma singular as prioridades digital e verde estabelecidas pela União Europeia.

No contexto ibérico, está previsto a concertação de iniciativas entre Portugal e Espanha no panorama europeu de supercomputação na sequência da a instalação e operação de dois supercomputadores: o Deucalion, uma máquina de petaescala, a ser instalada no AvePark (Guimarães) e o MareNostrum 5 que fica alojada no BSC-CNS (Barcelona Supercomputing Center — Centro Nacional de Supercomputación).