05 outubro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Inovação Social em foco!

Paula Oliveira
Opinião \ sexta-feira, fevereiro 25, 2022
© Direitos reservados
Consciente que o mais importante da vida não é a situação em que estamos, mas a direção para a qual nos movemos, importa realçar o conceito de investidor social no apoio às pessoas.

Há uma aposta notável em projetos e iniciativas de inovação social, com vista à promoção da inclusão social, da igualdade e da participação, através do Município de Guimarães, e que se consubstancia no investimento crescente em ações que concorram para o apoio à população que se encontra em situação de especial fragilidade e vulnerabilidade.

São várias as iniciativas que a Câmara de Guimarães se assume como o Investidor Social, com destaque para os investimentos nos projetos de inovação social “I9 com a diferença”; “Comunidade Criativa de Inclusão Digital”; “VES - Voluntariado de Emergência Social”; e “Estórias da Madeira – oficina de criatividade, empoderamento e transformação pessoal", resultando num investimento global a rondar os 300 mil euros, a fim de dar respostas e apoiar causas sociais de ordem diversa em todo o território de Guimarães, sem deixar ninguém de fora. Todos contam, porque as pessoas estão sempre em primeiro lugar.

O investimento no projeto de inovação social “I9 com a diferença”, resultado de uma candidatura da CERCIGUI ao Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, promove a inclusão social não só de pessoas com deficiência intelectual, mas também de pessoas com duplo diagnóstico ou com doença mental, por recurso a atividades ocupacionais e de produção de trabalhos que potenciem a sua integração profissional. Constatada a existência de muitos casos de pessoas com incapacidades não acompanhadas, pretende-se, por via da implementação do projeto “I9 com a diferença”, criar um espaço onde se desenvolvam atividades e se produzam trabalhos, em parceria com empresas da região, garantindo um conjunto de dinâmicas que respeitem os ritmos e as capacidades individuais.

Este projeto abarca já uma franja da população que tem dificuldades em aceder ao mercado normal de trabalho pelas limitações que apresenta, mas que também não se enquadra nas respostas existentes, e conta com uma equipa multidisciplinar que assegurará um acompanhamento individualizado, sistemático e regular, tendo em conta as especificidades de cada um, assim como um acompanhamento psicossocial, em estreita articulação com outras entidades e respostas locais.

O Investimento no Projeto de Inovação Social “Comunidade Criativa de Inclusão Digital”, resulta de uma candidatura da Delegação de Guimarães da Cruz Vermelha Portuguesa ao Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, para criar uma “Comunidade Criativa de Inclusão Digital” em Guimarães, cujo principal objetivo é desenvolver as competências digitais das pessoas em risco de exclusão digital, com enfoque na população em situação de vulnerabilidade, e que identifica como problema central os baixos níveis de envolvimento de jovens em projetos de voluntariado, participação cívica e dinamização comunitária.

O Investimento Social no projeto “VES - Voluntariado de Emergência Social”, através de uma candidatura da Escola de Voluntariado Pista Mágica à Estrutura de Missão Portugal Inovação Social (EMPIS), visa a criação de um corpo de voluntariado de emergência social, que permite dar resposta, em tempo útil, às diversas sinalizações de emergência social que nos chegam dos diferentes agentes locais da Rede Social de Guimarães, sendo priorizados, no contexto atual, os casos provenientes da situação pandémica pelo COVID19. Neste caso particular, através do levantamento das necessidades do concelho de Guimarães, estamos a mobilizar as organizações da economia social locais, para a realização do diagnóstico, do planeamento estratégico, e também para a correta identificação dos beneficiários das ações que este projeto prevê.

O investimento social no projeto “Estórias da Madeira – oficina de criatividade, empoderamento e transformação pessoal", através de uma candidatura do Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media “Palavras Infinitas” e da Associação Para Apoiar E Cuidar De Pessoas Que Cuidam “Because I Care” ao Programa Parcerias para o Impacto, consubstancia-se na criação de um programa de apoio, acompanhamento e capacitação estruturado, para os cuidadores informais, ao nível da sua saúde mental e da sua inclusão social, económica e profissional, de forma a aumentar o bem-estar e a qualidade de vida deste grupo e, assim, potenciar a sua transformação.

Não ficamos por aqui. Em breve, o Município de Guimarães será investidor social no projeto “+Acesso para Todos – Por comunidades mais inclusivas“ que visa o desenvolvimento e implementação de uma Iniciativa de Inovação e Empreendedorismo a fim de diminuir ou atenuar os efeitos de exclusão social das pessoas com deficiência motora, agravado com o contexto pandémico, no sentido de despertar a sociedade em geral para a mudança, sensibilizar os mais jovens para a igualdade e respeito para com as pessoas com diferença, a sua capacitação como agentes de mudança, bem como promover e desenvolver as acessibilidades, aumentando o número de espaços acessíveis.

Consciente que o mais importante da vida não é a situação em que estamos, mas a direção para a qual nos movemos, importa realçar o conceito de investidor social no apoio às pessoas e desenhar soluções que ajudam a melhorar a sua qualidade de vida, promovendo a inclusão social, da igualdade e da participação. Porque as pessoas estão, sempre, em primeiro lugar!