02 julho 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Taipense João Martinho tocou com a reputada Orquestra Filarmónica de Berlim

Redação
Cultura \ quinta-feira, maio 19, 2022
© Direitos reservados
Trombonista tocou com um dos maestros mais aclamados do mundo, o inglês Simon Rattle. Em 2020, em entrevista ao Reflexo, dizia que tocar com a Filarmónica de Berlim seria "um sonho".

O trombonista taipense João Martinho tocou com a Orquestra Filarmónica de Berlim e com um dos maestros mais reputados do mundo, o inglês Simon Rattle. O concerto aconteceu no último fim-de-semana.

Tocar com a aclamada Orquestra Filarmónica de Berlim era um "sonho" do trombonista. "Tenho alguns objetivos, de tocar em algumas orquestras, para mim a Filarmónica de Berlim sempre foi um sonho, adoraria e se algum dia houver a possibilidade de me apresentar numa prova, ou assim, estarei lá", referia, em 2020, em entrevista ao Reflexo.

O trombonista tocou agora sob a batuta de Simon Rattle, diretor musical da Orquestra Sinfónica de Londres.

João Martinho deu os primeiros sopros na Banda Musical de Caldas das Taipas, tendo em 2001 ingressado na Conservatório Calouste Gulbenkian. Oito anos depois passou a estudar na Escola Superior de Música e Artes do Porto (ESMAE), sendo trabalhador estudante, entrando em primeiro lugar na Orquestra Sinfónica do Porto - Casa da Música, feito conseguido numa prova para solista B.

Internacionalizou-se em 2012 ao ingressar na Universidade de Artes em Berlim com uma bolsa de estudo da Fundação Calouste Gulbenkian, sendo que em 2017 tornou-se então o primeiro trombone solo da Orquestra Filarmónica de Hamburgo. De resto, o trombonista taipense está ligado à cidade de Hamburgo, tocando mensalmente na conceituada sala de espetáculos Elbphilharmonie.