01 outubro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Restauro da Igreja de Vila Nova de Sande “é uma necessidade da comunidade”

Carolina Pereira
Freguesias \ quinta-feira, fevereiro 24, 2022
© Direitos reservados
Sob risco de algumas partes da Talha dourada ruirem, a paróquia de Vila Nova de Sande avançou com “um restauro significativo”.

Segundo o pároco de Vila Nova de Sande, Marc Monteiro, faz dois anos que a igreja desta freguesia permanece num estado degradado e carente de uma requalificação de raíz.

Ao jornal Reflexo, Marc Monteiro revela que há muito mais a fazer além de tratar dos problemas mais evidentes, como teto e pinturas. A acrescer a essas questões, existe a degradação da Talha Dourada devido, que ameaçava ruir, devido a térmitas e até infiltrações. A restauração é, portanto, “uma necessidade para a comunidade”.

“A igreja está toda ela a ser restaurada, estamos a tratar da talha dourada, levantamentos, teve de ser desinfestado, tratamos de pinturas, estamos a tratar das infiltrações, a última intervenção está a ser o teto quer do altar mor, como do corpo da igreja.  Ainda está tudo a ser analisado, estamos a ver o que podemos fazer e recuperar, visto que é um teto já antigo”, explica o pároco.

O Gabinete de Restauro da Diocese de Braga já está a solucionar o problemas, mas até ficar resolvido “vai ser um processo moroso”.