08 dezembro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Propostas dos candidatos à Junta de Vila Nova de Sande e Sande S. Clemente

Redação
Política \ segunda-feira, setembro 20, 2021
© Direitos reservados
Motivações, propostas e objetivos. Eis as convicções dos candidatos às Autárquicas 2021 da zona norte do concelho.

Lucinda Oliveira (PS)

Candidato-me acreditando que posso dar continuidade ao crescimento desta terra, tendo como foco principais os Projetos Sociais, a Proximidade com as pessoas e o seu bem-estar. Acredito no que faço e vejo sempre a solução onde há problemas. Outro fator que me motivou foi a equipa que consegui construir: uma equipa jovem, empenhada e com um potencial criativo. Esta equipa tem enormes valências, cada um na sua área irá certamente ajudar a nossa terra. Serão criados grupos diferenciados por áreas, em que serão os responsáveis pela sua área de ação. Este será um novo ciclo na minha vida, que quero abraçar e acreditar que será um ciclo de esperança, mudança, credibilidade e responsabilidade.

O foco principal será o bem-estar das pessoas; a proximidade e solução daquelas pequenas coisas que muitas vezes achamos irrelevantes e que temos vergonha de as referir. São as pequenas coisas e o contacto próximo com cada um que eu quero afirmar e me comprometer no futuro, não quero prometer nada que não esteja ao meu alcance. Digo isto relativamente ao Programa Eleitoral. Este foi construído de acordo com as necessidades e prioridades detetadas. Promover uma ideia diferente do que se costuma pensar sobre a política. Faze-los acreditar que política é participação na comunidade

A minha função é resolver os problemas e necessidades do meu povo. Vamos dar o nosso melhor, assegurando-vos que sou uma pessoa séria e que não desisto com facilidade. Acredito na Liberdade, na Igualdade de oportunidades e na Solidariedade.

Tiago Rodrigues (JpG)

Candidato-me por acreditar convictamente que conseguirei tornar a nossa freguesia um local melhor para se viver,  para se trabalhar e para estudar. Sinto-me motivado e com conhecimento profundo da nossa UF, das suas instituições e associações. Não me move outros interesses que não os de lutar diariamente para criar melhores condições na nossa união de freguesias.

Tenho várias propostas que considero de extrema importância para o desenvolvimento social, ambiental e das infraestruturas, da nossa união de freguesias. No que diz respeito à vertente social, teremos especial atenção às crianças e jovens em idade escolar, aos idosos e às famílias carenciadas. Quanto à parte ambiental, centrar-nos-emos na promoção da educação e valorização ambiental e dos animais. Relativamente às infraestruturas, pretendemos reforçar a manutenção da pavimentação das ruas e passeios. O reforço dos serviços de limpeza das bermas e espaços públicos (ex. cemitérios), serão também uma prioridade. A criação de uma unidade residencial (através da requalificação de uma casa da junta de freguesia) para situações de emergência, é um dos nossos principais projetos.

Como presidente, serei capaz de proporcionar um futuro mais promissor. Poder ser mais próximo das pessoas e atuar sobre os seus problemas diários será a minha maior luta. Assumo com honra e convicção esta responsabilidade de ser candidato. Sei que serei a pessoa certa para desempenhar a função, pois tudo farei sempre com competência, diligência, responsabilidade, transparência e seriedade.

José Mendes (CDU)

A motivação da minha candidatura à Junta de Freguesia é ajudar as pessoas da nossa terra, principalmente os mais idosos e aqueles que
mais necessitam Muita gente se queixa que as ruas estão abandonadas e o foco acaba por incidir mais nas zonas urbanas. Pretendemos ser uma alternativa nesse sentido e contribuir para uma mudança positiva.

No nosso ponto de vista, os dinheiros públicos estão a ser mal aplicados na nossa freguesia. Gasta-se imenso dinheiro em coisas que não são necessárias e isso acaba por prejudicar a freguesia e os seus habitantes. Queremos mudar isso e aplicar o dinheiro de forma correta em prol do bem-estar da nossa população.

É difícil tentar lutar contra o poder que está instalado há muitos anos. Ainda assim, iremos tentar o tudo por tudo para dar um novo rumo à nossa terra. Sabemos que ganhar a junta é complicado mas eu e a minha equipa ambicionamos ter um lugar onde a nossa voz seja ouvida para tentar implementar as mudanças que pretendemos para a nossa freguesia.