23 outubro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Propostas dos candidatos à Junta de Freguesia de Longos

Redação
Política \ sexta-feira, setembro 17, 2021
© Direitos reservados
Motivações, propostas e objetivos. Eis as convicções dos candidatos às Autárquicas 2021 da zona norte do concelho.

Isilda Silva (PS)

Com a recandidatura à presidência da Junta de Freguesia de Longos pretendo dar continuidade ao trabalho que temos feito. Não sinto que finalizámos o que pretendíamos finalizar e, por isso, a nossa equipa pretende dar seguimento a este que é um projeto de continuidade. Só me candidato por continuar com as mesmas pessoas, não trabalhamos sozinhos, é um trabalho de equipa.
A nível de projetos ainda temos muito a fazer. Aponto alguns principais, como a construção do ringue, algumas pavimentações que ainda faltam e finalizar alguns trabalhos na escola. Também gostávamos de criar uma IPSS para dar apoio ao domicílio, algo na área social.
A primeira expetativa é que as pessoas participem neste ato eleitoral. A nossa candidatura pretende servir a comunidade e respeitar a sua vontade, tendo em mente, como já foi referido, dar continuidade ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido.

José Ribeiro (JpG) 

Fazer sempre o melhor pela freguesia. Nós gostamos muito da nossa freguesia e queremos desenvolvê-la com grandes projetos.
O principal projeto que queremos implementar é a construção de uma sede de junta; já temos terreno para este fim e a ideia é implementar uma creche e um centro de dia, que fazem falta. É a nossa prioridade.
Ainda há muito a fazer, não esquecemos os caminhos, queremos substituir os caminhos de terra batida ou paralelo por material betuminoso, não esquecer a eterna luta pela Igreja Santa Maria Madalena, que perante os novos projetos elaborados vamos perder metade do edificado para o concelho de Braga, sendo que este edifício nos pertence totalmente. E depois, o investimento normal na educação, ação social, desporto, lazer, transportes, são muitos os objetivos. A nível cultural também gostávamos muito de fazer uma recolha de dados com o fim de criar um livro sobre a nossa freguesia, continuar a apoiar a nossa escola e assegurar transporte às crianças.

Cláudia Vieira (CDU)

A freguesia está estagnada há muito tempo, não há nada que mantenha as pessoas a residir aqui, principalmente os mais jovens. Há falta de estruturas, atividades, transportes públicos, que são muito limitados, e iniciativas em geral.
Pôr Longos no mapa, ou seja, criar um roteiro turístico para dinamizar mais a freguesia e trazer mais pessoas. Fazer, também, mais atividades desportivas, com todas as idades, criar uma plataforma digital que permita que as pessoas possam de forma mais facilitada tratar de documentos, que divulgue mais noticias da freguesia, esse tipo de questões. Criar um grupo de voluntários que ajude os idosos que se encontram um bocado isolados por estarem na fronteira do conselho e para que haja um laço entre gerações, jovens e idosos. Ainda, promover atividades culturais como o teatro e tertúlias.
Terminar com as maiorias absolutas para poder intervir de uma forma cooperativa e cooperar e unir. Queremos trazer ideias novas e dar um contributo positivo para a freguesia. Fazemos isso com pessoas mais jovens e pessoas com maior experiência.