29 fevereiro 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Polícia Judiciária deteve marido da vítima. Suspeito vai a tribunal

Redação
Sociedade \ sexta-feira, junho 23, 2023
© Direitos reservados
Em comunicado, a força policial frisa que o homem de 63 anos, detido, deu o alerta para a morte da esposa depois de presumivelmente lhe ter desferido vários golpes com faca de cozinha.

Através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, a Polícia Judiciária (PJ) deteve esta sexta-feira de manhã um homem de 63 anos, presumível suspeito de um homicídio qualificado na rua da Taipa, em Caldas das Taipas. A vítima em causa é uma mulher de 62 anos, sua esposa. Em comunicado, a força policial adianta que, “por motivo desconhecido, utilizando uma faca de cozinha de dimensões consideráveis”, o suspeito “surpreendeu a vítima, que já se encontraria na cama e, possivelmente, a dormir, desferindo-lhe diversos golpes no pescoço, tronco, braço direito e mãos”.

Contactado pelo Reflexo, o coordenador da PJ de Braga, Henrique Correia, adianta que “há fortes indícios” de que a pessoa detida cometeu o crime. Após o sucedido, o próprio suspeito emitiu o alerta para a ocorrência, primeiramente por contacto telefónico com um familiar e depois com uma chamada para os Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas, alertados às 00h55. A corporação, por sua vez, acionou a GNR de Caldas das Taipas.

“Comunicada a ocorrência à Polícia Judiciária, desencadearam-se de várias diligências de investigação, que viriam a culminar na recolha de substanciais indícios e na subsequente detenção do suspeito”, esclarece a PJ.

O homem vai ser apresentado às autoridades judiciárias competentes no Tribunal de Guimarães para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação. Em princípio, ter-se-á de apresentar este sábado, às 10h00.