28 novembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

O Ano Europeu da Juventude passou por cá. E um vereador regressou à ESCT

Pedro C. Esteves
Educacao \ sexta-feira, março 25, 2022
© Direitos reservados
Nélson Felgueiras voltou à Secundária das Taipas, onde foi aluno, para "ativar e despertar os mais jovens para a participação" ativa. A escola taipense foi a escolhida do distrito para o "action day".

A Escola Secundária de Caldas das Taipas (ESCT) recebeu a visita do vereador Nelson Felgueiras e do diretor regional do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) para dar a conhecer o Ano Europeu da Juventude (AEJ).

A ação que teve lugar esta manhã na ESCT decorre uma vez em cada capital de distrito. No regresso à escola onde foi aluno, Nelson Felgueiras, vereador com o pelouro da Juventude, explicou que o objetivo da iniciativa proposta pela Comissão Europeia "é ativar e despertar os mais jovens para a participação". "É especial para mim estar cá porque fui aluno nesta escola. A escola era esta, o edifício era diferente. O meu início de participação cívica mais ativa foi aqui", vincou.

"Nós em Guimarães, e eu enquanto responsável pela área da Juventude, queremos trabalhar esta área com intensidade. A ideia é que vocês tenham oportunidade de participar, tenham voz e sejam decisores", continuou. A ação conta com o apoio da IPDJ e Vítor Dias, diretor regional, explicou que estes "action days" são "coisas muito rápidas, objetivas, informais". "Em cada uma das capitais de distrito escolhemos uma escola para fazermos aquilo que chamamos a ativação do ano. São action days, sessões curtas que juntam decisores políticos e os jovens para falarmos de temas sobre temas que preocupam os jovens, questões de cidadania europeia, o que os jovens acham que devem ser a Europa".

A sessão começou com a apresentação de um vídeo do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto. Depois, foi a vez de Vítor Dias e Nelson Felgueiras falarem acerca do AEJ. Seguiu-se um momento de diálogo com jovens, com recurso a plataformas digitais e no qual a conversa recaiu nas prioridades da juventude para a Europa e o grande desafio da transição ambiental.

O AEJ foi proposto pela Comissão Europeia e aprovado pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho da União Europeia em dezembro de 2021. "As pessoas jovens passaram por grandes dificuldades durante a pandemia de COVID-19, pelo que o AEJ procurará colocar em evidência a importância da juventude europeia para a construção de um futuro melhor", lê-se no site da organização.