08 fevereiro 2023 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Morreu Carlos Mesquita, antigo pároco de São Martinho de Sande

Redação
Sociedade \ quinta-feira, novembro 03, 2022
© Direitos reservados
O padre esteve em Sande entre 1965 e 1972. Em 1996, tornou-se capelão da Ordem de São Francisco. O funeral realiza-se sexta-feira, na igreja de São Francisco, antes do corpo ir a sepultar em Vermil.

Antigo pároco de São Martinho de Sande, Carlos Mesquita morreu esta quinta-feira, aos 89 anos, informou a Arquidiocese de Braga. A arquidiocese indica que o padre esteve 30 anos na paróquia, entre 1965 e 1995, embora comentários na página Paróquias Sande Martinho Lourenço Balazar, na rede social Facebook, refiram que esse período se estendeu entre 1965 e 1972, antes de a paróquia ser assumida por Armando Barreto.

A missa exequial do sacerdote que era agora capelão da Venerável Ordem Terceira de São Francisco, morreu Guimarães, celebra-se na sexta-feira, às 10h30, na igreja de São Francisco, sob a presidência do bispo auxiliar da arquidiocese, Nuno Almeida, antes do corpo ir a sepultar em Vermil, freguesia vimaranense em que nasceu a 12 de julho de 1933.

Ordenado sacerdote a 08 de julho de 1956, Carlos Mesquita foi nomeado prefeito no Seminário Conciliar de S. Pedro e S. Paulo, em Braga, antes de assumir pela primeira vez uma paróquia, a de Costa (Santa Marinha), entre 1958 e 1959.

Nomeado, a 24 de setembro de 1960, diretor do Colégio Egas Moniz, estabelecimento que funcionava perto do então Liceu de Guimarães, o sacerdote tornou-se pároco de Sande (São Martinho) em agosto de 1965 e desempenhou esse papel até julho de 1995. A partir de 1996 foi Capelão da Venerável Ordem Terceira de São Francisco.

“A Arquidiocese de Braga, a família e as paróquias às quais serviu, unem-se agora em oração e agradecem a Deus pelo seu ministério sacerdotal e pelo dom da sua vida”, lê-se.