20 junho 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

GD Longos vai dispor de apoio municipal para construir muros de suporte

Redação
Desporto \ terça-feira, setembro 26, 2023
© Direitos reservados
A Câmara de Guimarães vota, na quinta-feira, a atribuição de 56 mil euros em dois anos. Obras aprovadas, mas pendentes no CC Taipas, no Sandinenses e no Campelos, vão ter de ser novamente votadas.

O campo de jogos do Grupo Desportivo de Longos vai passar a ter dois muros de suporte numa área inclinada, atrás de uma das balizas.

A Câmara Municipal de Guimarães aprecia, discute e vota, na próxima quinta-feira, em reunião quinzenal do executivo, a atribuição de um subsídio de 56 mil euros para a edificação de um muro com 372 metros quadrados e de outro com 102 metros quadrados. Caso o apoio seja aprovado, o dinheiro vai ser distribuído em dois anos – 2023 e 2024.

A verba consta da proposta de apoios municipais para obras nas associações desportivas, que ascendem, em 2023, aos 136 mil euros. Entre os clubes na área noroeste do concelho de Guimarães, também o Souto e Gondomar vai receber subsídios: 16 mil euros para a execução do projeto e licenciamento do campo de jogos e 10.820 euros para o pagamento das taxas de urbanização dos balneários.

Já as intervenções pendentes no Clube Caçadores das Taipas - obras nos balneários, zonas de apoio, iluminação do Campo do Montinho com luzes LED, pagamento de taxas urbanísticas e projeto de execução – no GDRC Os Sandinenses – novo relvado sintético -, e o Clube Operário de Campelos - execução de projeto e licenciamento do seu campo de jogos, bem como realização de obras – terão de ser votadas numa reunião de Câmara posterior, apesar de já terem sido aprovadas, mas sem os respetivos clubes as concretizarem.

“Caso estes clubes desportivos venham a decidir pela concretização destes projetos/obras, e uma vez que a Câmara Municipal mantém a intenção de os apoiar, a atribuição desses apoios será objeto de nova deliberação autónoma, onde constarão os respetivos valores e prazos”, explica a autarquia na proposta que consta da agenda da reunião de Câmara.

A construção de novos balneários no pavilhão do CART, cujo apoio ascende aos 200 mil euros, é um dos três projetos cujo financiamento transitou de 2023 para 2024, a par dos balneários do Prazins e Corvite e do futuro relvado sintético da ACRD Nespereira.