07 dezembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Greve dos professores: metade dos docentes a faltar no norte do concelho

Redação
Educacao \ quarta-feira, novembro 02, 2022
© Direitos reservados
Sensivelmente metade dos professores dos três agrupamentos de escolas do norte do concelho (Taipas, Briteiros e Arqueólogo Mário Cardoso) aderiram à greve. Há cinco escolas sem atividade letiva.

Em dia de greve geral dos professores, as repercussões desta ação têm sido sentidas um pouco por todo o país, sendo que nos agrupamentos de escolas do norte do concelho a adesão à greve ronda os 50 por cento, ou seja, sensivelmente metade dos professores aderiu a esta greve.

No Agrupamento de Escolas das Taipas registou-se uma adesão de 50 por cento da parte da manhã e uma adesão de 45 por cento da parte da tarde, sendo que a Escola Básica de Vieite não teve atividades letivas.

Por sua vez, no Agrupamento de Escolas Mário Cardoso a greve é de 50 por cento dos professores, registando-se igualmente o fecho de uma escola, neste caso a Escola Básica de Ponte, em que nenhum professor se apresentou ao serviço.

O Agrupamento de Escolas de Briteiros foi aquele em que a adesão à greve foi mais significativa, com 54% dos professores a faltarem. Esta taxa de adesão à greve provocou constrangimentos em todas as escolas do agrupamento, com turmas em todas elas sem aulas.

Neste caso, de Briteiros, três escolas estiveram encerradas, nomeadamente JI Souto Santa Maria, Escola Básica da Igreja (Souto São Salvador) e Escola Básica de Donim.

A adesão à greve dos professores, que protestam esta quarta-feira contra o Orçamento do Estado e o desinvestimento na Educação, rondava, às 9h30, os 90%, segundo a Federação Nacional de Educação.

DADOS DA ADESÃO À GREVE

Agrupamento de Escolas das Taipas – 48% de adesão à greve (uma escola fechada)

Agrupamento de Escolas de Briteiros – 54% de adesão à greve (três escolas fechadas)

Agrupamento de Escolas Mário Cardoso – 50% de adesão à greve (uma escola fechada)