04 agosto 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Escolas de Guimarães passam a ter ecoponto para a recolha de máscaras

Redação
Sociedade \ quarta-feira, janeiro 13, 2021
© Direitos reservados
A Câmara Municipal de Guimarães está a colocar nas escolas do concelho ecopontos para a recolha de máscaras. Estes contentores são personalizados e construídos a partir de plástico misto reciclado.

Numa época em que as máscaras se tornaram um acessório obrigatório e indispensável, começou a notar-se a abundância deste produto em locais impróprios, muitas das vezes no chão.

Para evitar esse cenário e, de forma a recolher e valorizar as máscaras, o município vimaranense iniciou esta terça-feira a instalação de ecopontos específicos para máscaras nas escolas do concelho, informando que “as máscaras e outro material de proteção contra a pandemia devem ser colocados em ecopontos próprios ou no lixo comum e nunca nos ecopontos de reciclagem”.

Dá nota a Câmara Municipal de Guimarães que “esta iniciativa decorre no âmbito do projeto ‘Recolher e Valorizar’, através da recolha de máscaras em contexto escolar e a sua valorização em novos produtos”, que se trata de “um projeto integrado, agregador e multidisciplinar que também engloba a empresa TO-BE-GREEN e o CVR-Centro para a Valorização de Resíduos, que terão a responsabilidade de, a partir das máscaras recolhidas, criar novos produtos feitos à base de fibras têxteis ou valorizá-las em placas poliméricas e briquetes”.