28 novembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Escola EB 2 e 3 das Taipas assinala meio século na quarta-feira

Redação
Educacao \ segunda-feira, setembro 26, 2022
© Direitos reservados
Criada formalmente em 28 de setembro de 1972, a então Escola Preparatória Raul Brandão começou a funcionar nuns pré-fabricados junto ao cemitério e assumiu a designação corrente em 1995.

A vila de Caldas das Taipas robusteceu o seu estatuto como polo de educação no norte do concelho de Guimarães há praticamente 50 anos, aquando da criação da Escola Preparatória Raul Brandão, pela portaria nº562/72 de 28 de setembro, assinada pelo então ministro da Educação Nacional, José Veiga Simão.

A agora Escola EB 2 e 3 de Caldas das Taipas, assim designada desde o ano letivo 1995/96, vai celebrar a efeméride na quarta-feira, com um programa que arranca às 10h20, com o hastear da bandeira do Agrupamento de Escolas das Taipas (AET), de que aquele estabelecimento é sede.

O alinhamento prossegue com um momento da Banda Musical de Caldas das Taipas, que antecede a cerimónia de abertura, a divulgação de todo o programa de comemorações dos 50 anos e a interpretação do hino da escola por alunos, professores, assistentes técnicos e operacionais.

O dia inclui ainda um outro momento musical, de Gonçalo Gonçalves, aluno da EB 2 e 3, às 10h50, um momento de confraternização e uma performance de dança, pela Academia Nokaute.

Com quadro de professores e independência executivas asseguradas à partida para o ano letivo de 1972/73, a unidade funcionou transitoriamente na Escola Preparatória João de Meira, na cidade, antes se se transferir para os equipamentos pré-fabricados instalados junto ao cemitério de Caldelas, a primeira casa da nova escola.

Cumpria-se assim a ambição de um ciclo preparatório na vila termal, aproximando os alunos daquela comunidade e das freguesias vizinhas, como atestou o jornal paroquial O Redil, em fevereiro de 1972: “No passado dia 1 deste mês de fevereiro, começaram a funcionar as aulas do Ciclo Preparatório desta vila, no novo edifício. O acontecimento bem merecia uma festa. Os mais descrentes deste melhoramento de extraordinário alcance ficaram convencidos de que não foram inúteis todos os trabalhos durante vários anos. Em nome de tantas crianças beneficiadas e de tantas famílias agradecidas aqui fica o testemunho de gratidão”.

A atual localização acolheu um pavilhão e salas de música em 1982, transferindo-se as restantes valências em 1983/84, altura em que a escola perdeu o nome do seu patrono. Em 2001, tornou-se sede do AET, que abrange ainda as unidades EB1 do Pinheiral e da Charneca (Caldas das Taipas), Igreja (Sande São Martinho), Vieite (UF Sande Vila Nova e Sande São Clemente), Longos e Agrolongo (UF Sande São Lourenço e Balazar).

A versão atual da escola EB 2 e 3 de Caldas das Taipas foi inaugurada a 24 de junho de 2019, após um período de obras que esteve em curso desde 04 de julho de 2017.