26 maio 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

CART critica arbitragem em Paredes: “Que triste vai o hóquei em patins”

Bruno José Ferreira
Desporto \ terça-feira, janeiro 11, 2022
© Direitos reservados
Vários elementos do CART mostraram a sua revolta nas redes sociais contra a arbitragem de Pedro Miguel Sousa.

Após a derrota do passado sábado em Paredes, frente ao primeiro classificado da Série A da 3.ª Divisão Nacional, os responsáveis do CART mostraram o seu desagrado com a arbitragem do jogo que terminou com o triunfo por quatro bolas a duas a favor do USC Paredes. Através das redes sociais vários intervenientes expressaram a revolta que sentiam relativamente às decisões de Pedro Miguel Sousa.

Orlando Ribeiro, treinador do CART desabafou “que triste vai o hóquei em patins”, referindo que a arbitragem “deixou-nos indignados, mas foi tão triste que conseguiram deixar o nosso adversário envergonhado pela forma como ganharam o jogo”. “Nunca tinha visto tal coisa no hóquei em patins, mau demais o que a equipa de arbitragem nos fez no Municipal de Paredes”, acrescenta, relembrando o longo histórico que tem na modalidade.

O próprio clube, na sua página de Facebook escreveu que “o que se podia traduzir numa vitória, revelou se uma derrota! Assim acontece quando outros valores se levantam”, sendo que o diretor Alberto Lima Pereira frisou que “já cansa de ver e de ler tanta asneira no hóquei protagonizada sempre pela mesma classe”.

Ideia partilhada por Carlos Rodrigues, um dos jogadores mais experientes da equipa, que relata ter visto o que nunca pensou ver na modalidade. “Contra tudo e contra todos”, refere, descrevendo depois vários lances que na sua ótica foram mal ajuizados. Apesar do desabafo, o jogador reforçou a ideia que “grupo continua unido para o azar de muitos” e não vai baixar os braços.