15 abril 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

AD esteve na feira das Taipas e aponta dificuldades para vender produtos

Tiago Dias
Política \ terça-feira, fevereiro 20, 2024
© Direitos reservados
Número dois da candidatura pelo círculo de Braga, Ricardo Araújo considera “fundamental as pessoas aumentarem o rendimento disponível” e sublinha relevância económica e social da zona das Taipas.

Ao leme da comitiva da Aliança Democrática (AD) que percorreu o recinto da feira semanal das Taipas nesta segunda-feira, Ricardo Araújo salientou as queixas quanto às “dificuldades dos feirantes para venderem seus produtos e serviços e também “a falta de capacidade económica por parte das pessoas em geral”.

“Isso tem muito a ver com as dificuldades económicas que a nossa população está a sentir. Ao fim de oito anos de governo do PS, temos crescimento da inflação, dificuldades de emprego, dificuldades para as empresas competirem no plano nacional e internacional”, disse ao Reflexo o número dois da lista pelo círculo de Braga às Eleições Legislativas de 10 de março.

Para o presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Guimarães, a prioridade da AD – coligação entre PSD, CDS-PP e PPM - é a de “aumentar o rendimento das famílias” e, consequentemente, a qualidade de vida da população. No entender dessa força política, é crucial "reduzir a carga fiscal para as empresas, mas também para as pessoas e para as famílias, nomeadamente do IRS”. Tal política está vertida, aliás, no programa eleitoral da AD, do qual constam medidas como a redução do IRC de 21 para 15%, a um ritmo de 2% ao ano até 2028 ou a fixação de uma taxa máxima de 15% de IRS para os cidadãos até aos 35 anos.

Acompanhado pela vice-presidente do PSD de Guimarães e presidente da Junta de Freguesia de Santa Eufémia de Prazins, Natália Fernandes, pelo ex-presidente da Junta de Caldelas, Constantino Veiga ou pelo presidente da UF de Briteiros São Salvador e Briteiros Santa Leocádia, Diogo Costa, o candidato à Assembleia da República reservou ainda a segunda-feira para visitas a empresas de Santo Tirso de Prazins, Barco e Santo Estêvão de Briteiros e também ao GD Santo Estêvão.

O também vereador municipal da coligação Juntos por Guimarães atribuiu “uma importância muito grande” à zona norte do concelho, o segundo maior foco populacional de Guimarães, que engloba a vila de Caldas das Taipas e freguesias em redor. "Esta zona das Taipas é muito forte do ponto de vista industrial, particularmente ao nível das cutelarias, algo que faz parte da história do nosso concelho e da nossa dinâmica empresarial, da qual nos devemos orgulhar e projetar para o futuro", disse.

 

 

CC Taipas exige “melhores instalações”

No domingo à tarde, o número dois da AD pelo círculo eleitoral de Braga visitou as instalações do Clube Caçadores das Taipas no domingo à tarde e assistiu, no Montinho, ao duelo entre o emblema do javali e o Serzedelo, a contar para a Série B da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Braga.

Enquanto referência desportiva do concelho de Guimarães, com “um longo historial e palmarés” e “um longo serviço ao desporto, à ocupação dos tempos livres e à formação dos jovens”, o clube verde e branco merece infraestruturas melhores. “Merecia, ao dia de hoje, um outro reconhecimento público e melhores instalações. É difícil de compreender que se estendam há alguns anos algumas dificuldades do ponto de vista das infraestruturas que o Clube Caçadores das Taipas tem”, referiu.