28 novembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Acidente A1: estrutura para apoiar feridos no quartel dos bombeiros

Redação
Sociedade \ sábado, maio 21, 2022
© Direitos reservados
Possivelmente causado pelo rebentamento de um pneu, o acidente com o autocarro que seguia de Figueiredo para Fátima já causou, pelo menos, três vítimas mortais entre os 38 tripulantes.

O quartel dos Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas dispõe de uma estrutura para apoiar as pessoas feridas já com alta dos hospitais de Coimbra e de Aveiro. Essa estrutura dispõe de psicólogos, estando o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, e o presidente da Junta de Freguesia de Caldelas, Luís Soares, a acompanhar a operação. A União de Freguesias de Leitões, Oleiros e Figueiredo integra a área de intervenção da corporação das Taipas, recorde-se.

O acidente com o autocarro que saiu de Figueiredo rumo a Fátima, neste sábado, causou três mortes, cinco feridos graves, seis intermédios, que inspiram cuidados, e 22 ligeiros. Os outros dois passageiros saíram ilesos do despiste que fez a viatura entrar em contramão na A1 e bater contra um poste de alta tensão, antes de sair da faixa de rodagem.

A operação envolveu 57 viaturas, 130 operacionais, “entre forças de socorro e de segurança”, “incluindo um helicóptero do INEM”. O alerta para o acidente foi dado às 09h29.