20 junho 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

A “promover vila em todo o país”, Banda das Taipas recebe Medalha de Honra

Bruno José Ferreira
Cultura \ sexta-feira, maio 17, 2024
© Direitos reservados
A proposta de condecoração da Banda Musical das Taipas, que esta ano assinala um aniversário redondo – 190 anos –, foi aprovada por unanimidade na mais recente Assembleia de Freguesia, em 29 de abril.

A Banda Musical das Taipas, que esta ano assinala um aniversário redondo – 190 anos – será homenageada com a Medalha de Honra da Freguesia. A proposta de condecoração foi aprovada por unanimidade. Luís Soares aludiu, através da Proposta para a atribuição da Medalha de Honra, que “a Banda Musical de Caldas das Taipas tem contribuído para a promoção da Vila de Caldas das Taipas em todo o país, por onde atua”, tratando-se de uma das bandeiras da freguesia.

“Ainda que haja aqui apenas referências históricas à criação de uma filarmónica, a verdade é que a Banda Musical de Caldas das Taipas é uma das instituições mais antigas da nossa vila”, sustentou Luís Soares, reforçando “o contributo para o desenvolvimento musical e cultural da nossa comunidade, designadamente destacando-se no ensino da música aos mais jovens, segundo os padrões mais modernos da pedagogia musical”. Considerando ser “justo e merecido”, a Junta de Freguesia de Caldelas propôs a “atribuição da distinção mais elevada da nossa comunidade” à Banda, distinção essa que terá lugar na sessão solene de 19 de junho, dia em que se assinala a elevação de Caldelas a vila.

Porta-voz da bancada social-democrata, Manuel Ribeiro assinalou que “a bancada do PSD concorda, sem reservas, integralmente com a exposição que o PS fez”, acrescentando que esta homenagem se reveste de “grande justiça que já se devia ter sido feita no passado”. “A Banda das Taipas abriu as portas da música enquanto profissão a várias pessoas. Podemos dizer que somos uma terra de músicos com a banda mais antiga do concelho”, complementou Manuel Ribeiro, que também por lá passou. “Aos 11 anos, fui aprender solfejo para a banda e foi um dia muito feliz. A banda proporcionou a aprendizagem de música quando muito poucos tinham acesso a essa realidade”, concluiu. A proposta mereceu, então, aprovação por unanimidade.