14 abril 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Vila Natal “recebeu muita gente”: “No centro” é “mais fácil parar para ver”

Tiago Dias
Sociedade \ segunda-feira, janeiro 09, 2023
© Direitos reservados
Bolo-rei gigante foi “o ponto mais forte” numa edição que ganhou vida durante as atividades, mas teve menos visitantes ocasionais. Para o ano, a Vila Natal quer estar “mais próxima do comércio”.

Finda a edição de 2022 da Caldas das Taipas Vila Natal, o rosto da organização, Luís Gonçalves, elege o regresso do bolo-rei gigante como o “ponto mais forte”: após dois anos de interregno, motivado pela pandemia de covid-19, a iniciativa regressou a 11 de dezembro, um domingo, com o apoio de cinco pastelarias da vila termal. “O bolo-rei foi a maior enchente que tivemos. As pessoas aderiram”, esclarece o presidente da Comissão de Festas Dar Vida à Vila.

O palco foi o polidesportivo, o epicentro de uma Vila Natal que ainda apresentou teatro no auditório dos Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas e no centro pastoral. A alternativa à praça do antigo mercado foi uma mudança de local, mas também uma mudança de dinâmica. Se a adesão às pinturas faciais, aos insufláveis, aos “teatrinhos” ou à hora do conto, por Teresa Portal, foi “igual ao ano passado”, o número de pessoas a circular nos “tempos mais mortos” decaiu.

“Quem tem filhos pequeninos foi lá de certeza. As pessoas mais adultas sem filhos, que paravam no centro, não vão lá abaixo de propósito. No centro, é mais fácil parar para a Vila Natal”, descreveu Luís Gonçalves

Apesar da “muita gente” que visitou o polidesportivo entre 09 e 24 de dezembro lhe ter dado um “feedback muito positivo”, Luís Gonçalves tenciona, em 2023, devolver a Vila Natal ao “centro” das Taipas; inicialmente prevista para o outono deste ano, a conclusão das obras foi reagendada para o próximo outubro.

“Assim que as obras acabarem, o intuito é devolver a Vila Natal ao centro, mesmo para estarmos mais próximos do comércio local, que nos dá sempre uma ajuda fantástica e nunca nos falhou em nada”, realça.

Com a eventual transferência, locais como o Largo Conde de Agrolongo, fronteiro à igreja paroquial, ou a Praça Doutor João Antunes Guimarães, contígua ao centro comercial Passerelle, podem acolher “coisas engraçadas”, mais próximas dos estabelecimentos que já se têm disponibilizado para o concurso de montras.

Na edição de 2022, 11 comerciantes participaram no concurso. O vencedor será conhecido na primeira semana de janeiro de 2023, após votação do público e de um júri.