28 novembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Há História para ver e ouvir nos 141 anos da Sociedade Martins Sarmento

Redação
Cultura \ terça-feira, novembro 15, 2022
© Direitos reservados
Apresentação do restauro do retrato do Conselheiro João Baptista Felgueiras e uma conferência de José Manuel Lopes Cordeiro marcam efeméride da instituição que celebra o arqueólogo vimaranense.

A Sociedade Martins Sarmento comemora os 141 anos de existência no próximo dia 19 de novembro com uma conferência do professor José Manuel Lopes Cordeiro que interliga a independência do Brasil à revolução de 1820 e uma apresentação do retrato do Conselheiro João Baptista Felgueiras, da autoria de A. Roquemont, que recentemente foi objeto de restauro.

A cerimónia tem início às 16h30, no Salão Nobre da Instituição. José Manuel Lopes Cordeiro fará uma conferência intitulada “Foi a independência do Brasil uma consequência da revolução de 1820?”. O historiador natural do Porto foi fundador do Projeto do Museu da Indústria do Porto, é É diretor da revista Arqueologia Industrial e tem inúmeros artigos e livros publicados nas áreas do património e arqueologia industrial, assim como da história económica e política contemporânea. 

O restauro do retrato do Conselheiro João Baptista Felgueiras, nascido a 6 de abril de 1787, na Quinta de Cedofeita, na freguesia de S. Miguel do Castelo,  de A. Roquemont, exigiu tratamentos de fixação da camada pictórica, seguindo-se o desengradamento da tela, para posterior substituição do bastidor. "A tela foi submetida a uma limpeza mecânica (reverso) e química (anverso) para recuperar o equilíbrio estético. Todas as lacunas foram colmatadas e reintegradas, finalizando com a camada de proteção", explica a SMS

A Sociedade Martins Sarmento é uma instituição cultural de utilidade pública, sem fins lucrativos, fundada em Guimarães em 1881, em homenagem ao arqueólogo e etnógrafo vimaranense Francisco Martins de Gouveia Morais Sarmento, cujos estudos científicos atraíram para Guimarães a atenção dos principais centros europeus de cultura do seu tempo.