29 novembro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Sandinenses: Interesse Público para utilizar terrenos em Reserva Agrícola

Redação
Freguesias \ quarta-feira, novembro 03, 2021
© Direitos reservados
Clube pretende construir um novo sintético e já tem apoio municipal para isso. Terreno é Reserva Agrícola Nacional e Certidão de Interesse Público poderá ser a solução.

O executivo vimaranense vai deliberar uma proposta de atribuição ao Sandinenses de uma Certidão de Interesse Público, de forma a permitir a construção de um novo relvado sintético no seu complexo desportivo, em Sande São Martinho.

Esta necessidade deve-se ao facto de o terreno em questão, contíguo ao Campo Dona Maria Teresa, estar integrado numa área de Solo rural – Espaços agrícolas I Reserva Agrícola Nacional (RAN) I Reserva Ecológica Nacional (REN) I Estrutura Ecológica Municipal – nível 1, de acordo com o Plano Diretor Municipal (PDM).

Contudo, este mesmo espaço encontra-se adjacente a uma área classificada como zona de equipamento. A intenção passa por atribuir uma Certidão de Interesse público ao clube, de forma a que seja possível a instalação do sintético, que já está subsidiado pela Câmara Municipal de Guimarães.  

Com esta alteração Os Sandinenses passará a ter um complexo desportivo com três campos relvados, bancadas, edifício principal com sede e balneários e zona de estacionamento, o que, de acordo com a proposta que vai a reunião de câmara, “poderá contribuir para a dinamização da freguesia, ajudando ao mesmo tempo a despoletar outras intervenções que, no seu conjunto, convirjam para a requalificação do espaço público”.

Ao mesmo tempo, o projeto contempla a “arborização na envolvente deste espaço e a escolha de um pavimento não betuminoso”, o que contribuirá para “uma melhor integração paisagística”.

O Serviço de Desporto da Câmara Municipal de Guimarães realça o historial do clube e a sua importância nos escalões de formação, frisando no eu parecer que “julga-se que o reconhecimento de interesse público permitirá desenvolver o processo tendente à definição da melhor solução urbanística”.