01 outubro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Samuel Úria fecha “playlist” dos Banhos Velhos. Antes há tertúlia

Redação
Cultura \ sexta-feira, setembro 16, 2022
© Direitos reservados
O músico que bebe do folk, protagoniza, na noite de sábado, o último concerto do ciclo cultural de verão. Na sexta, há tertúlia sobre os 100 anos dos convívios de descanso dos empregados do comércio.

Samuel Úria lançou-se para a música com o movimento FlorCaveira, em 1999, prosseguiu a aventura com o grupo Samuel Úria & As Velhas Glórias e aventurou-se depois a solo, para a fase da carreira que mais notoriedade lhe deu.

Inspirado pelas raízes do folk e do rock, o autor de discos como Nem lhe tocava (2009), Grande medo do pequeno mundo (2013) e Carga de ombro (2016) regressa, neste sábado, a Caldas das Taipas; cabe-lhe encerrar mais um ano de Banhos Velhos, ciclo cultural que marca o verão da vila termal há mais de 10 anos.

O músico de Tondela vai apresentar o mais recente trabalho, Canções do Pós-Guerra (2020), num concerto marcado para as 22h00, no polidesportivo de Caldas das Taipas.

No dia anterior, os Banhos Velhos, iniciativa desenvolvida pela Taipas Turitermas, com o apoio da Câmara Municipal, apresentam a tertúlia “100 anos do Jantar Comemorativo do Descanso Convencional aos Domingos”, a partir das 21h30, junto ao edifício dos Banhos Novos.

O historiador António José de Oliveira vai exibir uma série de fotografias de um jantar decorrido em 17 de setembro de 2022, em que a Associação da Classe dos Empregados do Comércio de Guimarães assinalava o descanso semanal. O então Grande Hotel Vilas serviu o jantar no jardim que separava a unidade hoteleira do edifício dos Banhos Velhos.