20 abril 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Edigma, do taipense Miguel Oliveira, ganha prémio por trabalho em Lisboa

Redação
Economia \ quarta-feira, fevereiro 01, 2023
© Direitos reservados
A empresa sediada em Adaúfe, Braga, ganhou o prémio de edifício inteligente nos Inavation Awards, pelo trabalho de sinalética digital no Núcleo Arqueológico da Rua dos Correeiros, em Lisboa.

Há mais de 15 anos na indústria audiovisual, com trabalhos ora na sinalética digital, ora nos sistemas de gestão de atendimento, ora nas experiências interativas entre as esferas física e digital, a Edigma, fundada pelo taipense Miguel Oliveira, foi uma das empresas premiadas na edição de 2023 dos Inavation Awards, que distinguem empresas do ramo.

Sediada no parque industrial de Adaúfe, em Braga, a empresa foi considerada a melhor na criação de sistemas de informação inteligentes para um edifício, no caso o Núcleo Arqueológico da Rua dos Correeiros, em Lisboa. Implementados em parceria com o Atelier Brückner, no ano de 2021, os sistemas digitais daquele espaço subterrâneo de 450 metros quadrados auxiliam uma viagem por várias fases da história lisboeta, desde o período ibérico-púnico, ainda na era antes de Cristo, até à era pombalina, no século XVIII, atravessando ainda os períodos romano, visigodo, islâmico e medieval.

A empresa com cerca de 80 trabalhadores foi ainda finalista na categoria de melhor atração turística, com o galardão a ser entregue ao Museu do Futuro, no Dubai (Emirados Árabes Unidos).

Com mais de 1.000 projetos implementados e cerca de 60 em curso, a Edigma já fora galardoada por três vezes nos Inavation Awards, em 2010, em 2011 e em 2016, sempre nas áreas da sinalética digital.