16 maio 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Comissão Europeia vê na plataforma de inteligência urbana uma “boa prática”

Redação
Sociedade \ quarta-feira, abril 14, 2021
© Direitos reservados
Iniciativa da Câmara Municipal de Guimarães considerada como uma "boa prática" por parte da Comissão Europeia.

Avisos sobre movimentações de trânsito ou consumo de energia de iluminação pública: estas são algumas das informações disponibilizadas pela plataforma de inteligência urbana. Esta iniciativa desenvolvida pela Câmara Municipal de Guimarães, em parceria com a empresa aveirense Ubiwhere, foi considerada uma “boa prática” pela Comissão Europeia, informou a autarquia nesta quarta-feira.

A justificação para a distinção reside na “acessibilidade e abrangência” da ferramenta, garantindo informação sobre vários domínios, desde “a mobilidade urbana e eficiência energética à qualidade do ar” e a sua relação com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU até 2030, lê-se na nota enviada às redações.

A plataforma a cargo da Divisão de Sistemas Inteligentes e de Informação é um “painel de instrumentos da cidade”, que exibe “informação atualizada em tempo real” sobre acidentes rodoviários, movimentação de trânsito, disponibilização de vagas de estacionamento e também consumo de energia de iluminação pública a partir de fontes como “sensores, serviços e a própria comunidade de cidadãos”.

A integração dessas fontes de informação numa plataforma, refere a autarquia, fornecem “oportunidades de análise em tempo real” e “atualizações para decisões fidedignas”. “Através desta plataforma Urbana é possível obter dados de cariz político-estratégico sobre a qualidade de vida e a sustentabilidade, bem como relatórios de performance dos ODS centrados na mobilidade, ambiente, turismo, energia e resíduos”, lê-se.