05 dezembro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

PAN estranha falta de indicações relativas ao arvoredo na requalificação do centro

Redação
Sociedade \ sexta-feira, março 26, 2021
© Direitos reservados
A comissão concelhia de Guimarães do PAN - Pessoas-Animais-Natureza – também reagiu, através de um comunicado, ao abate de árvores que foi perpetrado nos últimos dias nas Taipas. Esta força partidária lamenta o abate das árvores e questiona o município.

Através do seu porta-voz, Nuno Teibão, o PAN diz ter consultado o projeto de requalificação do centro cívico das Taipas, estranhando, por isso, “que, em momento algum, este projeto fale do arvoredo ou das inúmeras árvores que povoam os parques do centro da vila como se estas já não fizessem parte da identidade do espaço”.

Na interpelação feita, o PAN questionou o presidente da Câmara Municipal de Guimarães se serão plantadas novas árvores. “Novas árvores da mesma espécie ou de outras, preferencialmente autóctones, amenizariam o impacto das consequências das alterações climáticas, sobretudo no verão”, questionam.

O PAN termina a nota enviada à imprensa informando que propôs a Domingos Bragança colaborar na elaboração de um futuro Regulamento do Arvoredo Urbano para Guimarães, de forma a evitar situações idênticas no futuro.