30 novembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Juvenis do CC Taipas na fase de subida: “Sonham jogar nos seniores”

Bruno José Ferreira
Desporto \ sexta-feira, março 11, 2022
© Direitos reservados
A uma jornada do fim da 1.ª Divisão da AF Braga, a equipa assegurou um dos dois primeiros lugares e assim o acesso à fase de subida. O treinador crê na subida e na promoção dos "miúdos" aos seniores.

“A cada treino que passa e a cada jogo que passa acreditamos que podemos subir”. É este o espírito que se vive atualmente no balneário da equipa de juvenis do CC Taipas. Com os dois primeiros lugares garantidos, obtendo por direito próprio a possibilidade de lutar pela subida à Divisão de Honra, esse objetivo floresce no seio da equipa. “Com o primeiro ou segundo lugar garantido da nossa parte, penso que temos de assumir mesmo isso, queremos subir de divisão, sabendo que não será fácil, porque o Vizela também pode querer subir a equipa B à Divisão de Honra”, refere o treinador Miguel Salgado ao Reflexo.

O técnico não tem dúvidas que o espírito de grupo que invade a equipa, aliado à responsabilidade dos miúdos, tem feito a diferença. “A chave destes resultados é o nosso grupo, os miúdos fantásticos que tenho, que depois de um dia de escola chegam ao treino para se divertir um pouco, mas sempre com responsabilidade e vontade de dar o máximo para chegar ao fim de semana e podermos estar a 100 por cento para lutar pelos três pontos em todos os jogos. São miúdos que gostam daquilo que fazem e dão sempre o máximo”, aponta Miguel Salgado.

Desde o início da temporada que Miguel Salgado acreditava que os juvenis do CC Taipas podiam lutar pela subida, um estigma que foi crescendo com os resultados e com a evolução da sua equipa. Os taipenses estavam na Divisão de Honra, mas desceram há dois anos e, depois de uma temporada sem competição, o regresso a esse patamar foi sempre olhado como possível.

“Com o conhecimento que tinha dos miúdos no início da temporada, sempre disse à direção que este era um ano em que, mesmo não sabendo que equipas iríamos defrontar e como seriam as séries, queríamos andar nos primeiros lugares. Desde início disse que seria um ano interessante para podermos lutar para subir de divisão. Tem acontecido isso, temos conseguido andar sempre nos dois primeiros lugares, nunca baixámos disso, e a cada treino que passa e cada jogo que passa acreditamos que podemos subir. Vamos continuar a trabalhar para ver se isso se vai concretizar, sabendo que não será fácil”.

Para lá de uma primeira fase imaculada até agora, em que o CC Taipas lidera com mais um ponto do que o Vizela, não somando ainda qualquer derrota, a ambição passa por fazer os jovens jogadores crescerem para que no futuro possam estar mais bem preparados para chegar à equipa sénior. “Houve miúdos que foram aliciados por clubes vizinhos para sair, e eu sempre os foquei nisso, que poderíamos lutar por algo que pudesse ficar na história do clube.

O Taipas não passa um momento fácil a nível financeiro e tem apostado na formação. Os miúdos cada vez mais acreditam que podem chegar a outros patamares. Vemos miúdos dos juniores que neste momento jogam na equipa principal e, por isso, acreditam que podem lá chegar. Alguns até já fazem dois jogos por semana porque já estão a jogar pela equipa de juniores. É motivante para poderem crescer, porque o Taipas é um clube com história e eles sonham jogar na equipa principal do Taipas e até outros voos”, vinca o treinador.

Sete vitórias e cinco empates, 28 golos marcados e apenas nove sofridos são os números da equipa de juvenis do CC Taipas que está no primeiro lugar e luta para defender esse posto na derradeira jornada.