05 dezembro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Guimarães é o 14.º município do país que mais investiu no combate à Covid-19

Redação
Sociedade \ quinta-feira, janeiro 14, 2021
© Direitos reservados
A Câmara Municipal de Guimarães é o 14.º município de todo o país que até setembro mais investiu no combate à Covid-19, de acordo com um relatório do Tribunal de Contas.

No referido relatório, com o título “Impacto das medidas adotadas no âmbito da COVID-19 nas entidades da Administração Local do Continente”, é apontado que as autarquias investiram 166,1 milhões de euros em contratos celebrados no âmbito da Covid-19, evidenciando-se assim a importância do poder local no combate à pandemia.

Entre a lista de vinte municípios com valor mais elevado Guimarães acaba por se destacar como uma exceção, uma vez que oito municípios pertencem à área metropolitana de Lisboa, quatro à área metropolitana do Porto, três são do Algarve e quatro são capitais de distrito.

O município de Guimarães investiu 833 701,3 euros em contratos celebrados no âmbito da Covid-19, cotando-se como a cidade do quadrilátero urbano que disponibilizou até setembro uma maior verba para esta causa. De resto, nesta lista de vinte cidades aparece Braga na 20.ª posição, tendo investido 537 212,3 euros, sendo que Famalicão e Barcelos não surgem na lista que é liderada pelo município de Cascais, que já gastou qualquer coisa como 17 093 822,1 euros.

Mediante a informação disponível, o Tribunal de Contas conclui que “as autarquias locais assumiram um papel muito relevante na implementação das medidas de mitigação dos efeitos da pandemia, abrangendo uma multiplicidade de respostas de que foram beneficiárias as famílias, as empresas e as instituições".