14 abril 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Erasmus: Alunos da Secundária das Taipas sete dias à descoberta na Polónia

Redação
Educacao \ segunda-feira, março 20, 2023
© Direitos reservados
Projeto Erasmus “Math Literacy Skills of Learners Through Innovative Digital Tools” leva cinco alunos da Secundária das Taipas à cidade de Świdnik.

O projeto Erasmus “Math Literacy Skills of Learners Through Innovative Digital Tools” levou alunos da Escola Secundária de Caldas das Taipas  à cidade de Świdnik, na Polónia. Os alunos Catarina Peixoto, Francisca Castro, Joana Cunha, Inês Cunha e Pedro Costa, acompanhados pelos professores Carla Abreu, de Inglês, e Pedro Castro, de Informática, participaram nesta aventura com vontade de conhecer novas culturas e pessoas, tendo sido, na opinião de todos, um objetivo cumprido desde o primeiro dia.

Ao longo dos 3 dias (terça, quarta e quinta-feira), os alunos tiveram a oportunidade de trabalhar e aprender com os colegas da Turquia, de Espanha e da Polónia realizando atividades relacionadas com matemática e programação na escola Podstawowa nr5 Im. Janusza Kusocinskiego e com dinâmicas de aproximação e de enriquecimento como cidadãos do mundo na interação com os outros participantes. Houve, ainda, a oportunidade de conhecer a cidade de Lublin através da realização de um City Game com puzzles matemáticos e confecionar alguns doces tradicionais, como os Pierogi e os Cebularz, num workshop de culinária.

Um dos aspetos que se destacam é o choque cultural que foi sentido em relação à alimentação e ao cumprimento dos horários, uma vez que algumas das famílias optam pelo jejum intermitente, sendo o jantar servido às 16h30, quando anoitece.

Após a conclusão da mobilidade que decorreu entre 9 e 15 de março, e após as despedidas dos anfitriões, os alunos da secundária da vila visitaram as cidades de Varsóvia e Cracóvia, as principais cidades do país, onde exploraram a zona histórica de cada uma, e visitaram os campos de concentração de Auschwitz I e Auschwitz-Birkenau, uma experiência que vai certamente marcar as suas vidas.

No final do intercâmbio podem afirmar que, não só voltaram para Portugal mais ricos, como mal podem esperar para receber os alunos na próxima mobilidade do projeto em outubro!

Pode concluir-se que oportunidades como esta abrem portas para mundos diferentes, restando apenas aos alunos e aos professores guardar na memória uma experiência para a vida.