07 dezembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Colocação de passadeiras nas Taipas chega à Assembleia da República

Redação
Sociedade \ quinta-feira, setembro 27, 2018
© Direitos reservados
Grupo parlamentar do PSD quer saber junto do gabinete de Pedro Marques porque foi recusado o pedido para colocação de sinalização horizontal na rotunda junto ao pavilhão do CART.​

O grupo parlamentar do PSD, por iniciativa dos deputados eleitos pelo distrito de Braga, entregaram uma pergunta, dirigida ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, no sentido de se perceberem os motivos da recusa, por parte da Infraestruturas de Portugal, da colocação de passadeiras para peões na envolvente à rotunda junto ao pavilhão do CART.

Na carta dirigida ao ministro Pedro Marques, os deputados querem saber concretamente o motivo da recusa da colocação de sinalização horizontal para atravessamento de peões na EN310 (Avenida Francisco Martins Sarmento) e na Avenida dos Combatentes do Ultramar, num local "com tráfego rodoviário intenso" e na proximidade "diversos núcleos habitacionais".

A pergunta faz ainda referência a uma reclamação com data de abril de 2017, onde é exposto o facto de largas centenas de transeuntes percorrerem diariamente a pé aquelas vias. Em resposta a essa reclamação, a Infraestruturas de Portugal terá justificado a sua decisão com base no número de peões que atravessa aqueles arruamentos.

Os deputados sociais democratas justificam ainda a iniciativa pela necessidade de evitar vítimas de sinistralidade rodoviária. Os signatários fundamentam que  o número de vítimas por atropelamento nas estradas portuguesas é uma das principais causas das "negras estatísticas da sinistralidade rodoviária".

Artigos relacionados