09 dezembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Centro Qualifica abraça a "memória histórica" em ação para valorizar a paz

Redação
Sociedade \ quarta-feira, julho 14, 2021
© Direitos reservados
Centro Qualifica preparou ação sobre a memória. A batalha na Flandres, em plena 1.ª Guerra Mundial, serviu de mote para uma sessão destinado a quem procura na escola novas oportunidades.

Uma ação do Centro Qualifica da Escola Secundária de Caldas das Taipas trouxe à tona a importância da "preservação da memória histórica". Até porque "faz todo o sentido preservar acontecimentos marcantes e clarificá-los", disse Ana Guedes, docente do estabelecimento de ensino. Na sessão, esteve presente Gil Santos, "impulsionador da formação de adultos".

"A memória" tinha que ver com a batalha que soldados portugueses travaram na Flandres, na I Guerra Mundial. O professor Gil Santos, autor do livro "A Saga de um Combatente" deixou uma mensagem de apreço à escola e ao auditório. "Estou na minha escola, casa que amo, na presença de gente que regressou à escola que, não tendo tido oportunidade de, na altura, estarem na escola, regressaram", referiu.

Nascido numa aldeia transmontana, numa "família pobre", Gil Santos valorizou o "abraçar". Num auditório preenchido, com gente em busca de novas oportunidades, decorreu-se sobre a memória e como se relaciona com um acontecimento marcante -- a 1.ª Guerra Mundial. "Quanto mais sufocante for a mensagem, mais efeito ela surte no paz", sentenciou Gil Santos.

O Centro Qualifica da ESCT destina-se a todos os jovens maiores de 18 anos e adultos com necessidades de aquisição e reforço de conhecimentos e reconhecimento de competências.