01 outubro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

CART rola em busca dos “lugares cimeiros”. Rejeita ambição “cega” da subida

Tiago Dias
Desporto \ quinta-feira, setembro 22, 2022
© Direitos reservados
Quinta classificada da 3.ª Divisão em 2021/22, a equipa de hóquei em patins quer “dar “luta a quem assume a subida” como objetivo, mas evita intrometer-se no lote de candidatos.

Setembro chegou, e com ele a hora de apertar os patins, rolar quadra fora e de ensaiar a stickada. A equipa de hóquei em patins do CART regressou ao trabalho na segunda-feira, com vista à temporada 2022/23. A um mês do início da Zona A da 3.ª Divisão Norte – receção à equipa B do Riba d’Ave, a 02 de outubro -, os taipenses ambicionam um “excelente campeonato”. Mas quão “excelente” pode ser o plantel novamente treinado por Orlando Ribeiro?

O quinto classificado de 2021/22 quer sempre “fazer melhor” do que o que já fez, lutando pelo “melhor resultado possível”, mas esquiva-se de uma candidatura assumida à subida, assume o diretor do CART para a modalidade, António Lima Pereira. “Vamos lutar por lugares cimeiros. Se conseguirmos mais do que isso, será benéfico. Assumir a subida de divisão de caras, não. Não temos a ambição cega de subir”, esclarece.

Mesmo que o eventual acesso à 2.ª Divisão possa ser objetivo mencionado no balneário, o CART quer, primeiro, saber “até onde pode ir dentro de um espírito de entrega”, disposto a ombrear com qualquer um dos 13 adversários de um campeonato que se tem “revelado muito forte”, com cada vez mais equipas “a apostarem na tão ambicionada subida”. “Este ano não é exceção à regra. Vamos ter um campeonato fortíssimo, com muitos candidatos a subir”, frisa o responsável.

A luta pela “melhor classificação possível” espera-se assim “tremendamente difícil”, ainda para mais com a “desigualdade de recursos na construção de plantéis”, em desfavor do CART, perspetiva António Lima Pereira. “Temos equipas que desceram de divisão a apostarem para subir novamente”, detalha. “Com a nossa forma de trabalhar, mantendo as contas em dia, não é possível fazer mais do que o queremos. Estamos numa luta desigual, mas vamos lutar pelo melhor resultado possível”.

 

Gonçalo Tentúgal e Tiago Barbosa são caras novas

Dos 11 hoquistas que compõem o plantel, dois são reforços. Um deles é Gonçalo Tentúgal, guarda-redes contratado à Juventude Pacense, emblema que milita na 2.ª Divisão. O outro, Tiago Barbosa, jogava no Lavra, emblema de Matosinhos que, em 2021/22, foi quarto classificado na Zona A da 3.ª Divisão. Trata-se de um regresso. “Passou pelo CART com boa memória e regressa novamente para nos ajudar a alcançar os nossos objetivos”, esclarece o diretor.

As contratações preenchem as lacunas deixadas pelas saídas do guarda-redes João Sousa e dos irmãos Pontes – Alexandre e o também guarda-redes Daniel. De resto, transitaram nove elementos da época transata: Vítor Salgado (guarda-redes), Nelson Silva, Pedro Rúben, Alberto Martinho, Bruno Durães, João Martinho, Pedro Baptista, Afonso Ferreira e Carlos Rodrigues.

Para o responsável, o plantel liderado por Orlando Ribeiro, com José Silva na preparação física, enquadra-se naquilo que o CART ambiciona ao longo da época. “Temos um bom plantel. Já no ano passado, o plantel dava-nos garantias. Estes dois atletas vêm colmatar as lacunas dos que saíram e acrescentar alguma mais-valia”, frisa.

 

Começar e acabar em casa

Os azuis e vermelhos das Taipas abrem e encerram a temporada em casa, com equipas B do concelho vizinho de Vila Nova de Famalicão. Se o Riba d’Ave é o primeiro adversário, a segunda equipa do Famalicense é o último, na 26.ª jornada, marcada para 28 de maio. A prova vai desenrolar-se nos distritos de Braga, Viana do Castelo e Porto, estando a deslocação mais extensa, a Valença (90 quilómetros), agendada para a penúltima jornada, a 21 de maio.

O HC Valença é precisamente um dos adversários do CART na pré-época, a 21 de setembro, numa digressão pelo distrito de Viana, que envolve ainda duelos com a AD Limianos (14 de setembro) e a ED Viana (17 de setembro), ambas equipas da 3.ª Divisão.