13 agosto 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Bicicletas e trotinetes partilhadas chegam às Taipas. Junta "surpreendida"

Pedro C. Esteves
Sociedade \ sexta-feira, agosto 05, 2022
© Direitos reservados
Junta de Freguesia saúda "iniciativas que estimulem a mobilidade suave", mas levanta preocupações com o modo de recolha e aparcamento dos veículos disponíveis em sistema de partilha.

As bicicletas e trotinetes partilhadas chegaram ao concelho de Guimarães e a partir desta sexta-feira o tom azul-vivo da Bird, uma das empresas a operar no território vimaranense, é uma realidade também nas vila de Caldas das Taipas. Na Alameda Rosas Guimarães, no Antigo Mercado, ou na Avenida da República, os veículos de duas rodas estão próximos dos taipenses. No entanto, a Junta de Freguesia diz-se "surpreendida" com a "colocação".

"A Junta de Freguesia de Caldelas foi surpreendida pela colocação de equipamentos de mobilidade elétrica por uma empresa privada em espaço público", lê-se numa nota publicada nas redes sociais. Apesar de "saudar iniciativas que estimulem a mobilidade suave", a autarquia local refere que desconhece "o valor das tarifas cobradas e o modelo de funcionamento da operação". Outra das preocupações é o modo de recolha e aparcamento dos veículos.

A Câmara Municipal de Guimarães aprovou, a 07 de julho, a concessão de serviços de mobilidade partilhada a dois operadores já presentes noutras cidades lusas: a Bird e a Bolt. O município vimaranense é o 16.º do país no qual a Bird entra ao serviço, com 200 bicicletas e 200 trotinetes disponíveis para partilha: grande parte na zona urbana da cidade, mas também com pontos espalhados pelo concelho.
Quem se quiser servir de um veículo, tem de o desbloquear mediante a aplicação móvel da Bird, “associar um meio de pagamento” e “digitalizar o código presente no veículo”, adiantou Bernardo Janson, diretor da empresa para a operação em território nacional aquando da apresentação do serviço, que decorreu na manhã de quinta-feira.

Presente na inauguração do serviço, o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, vincou que “a bicicleta é um dos transportes que as principais cidades europeias usam no seu dia a dia”, exemplo que a cidade-berço quer seguir, ainda para mais quando se vê envolvida no compromisso para a neutralidade climática até 2030.

A Junta de Freguesia de Caldelas indica que, "nos próximos dias, procurará "informação que permita ajudar potenciais interessados".

Com Tiago Mendes Dias