21 fevereiro 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Assembleia Municipal realiza-se em 15 de dezembro para votar Orçamento 2024

Redação
Política \ sexta-feira, dezembro 08, 2023
© Direitos reservados
Os deputados vão ainda discutir os contratos-programa das empresas e cooperativas municipais para o próximo ano, bem como um empréstimo de 19 milhões de euros na última sessão de 2023.

Aprovadas na reunião da Câmara Municipal de 29 de novembro, com votos favoráveis da maioria socialista no executivo e votos contra da oposição – a coligação Juntos por Guimarães -, as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2024 vão ser apreciadas, discutidas e votadas na sessão da Assembleia Municipal agendada para 15 de dezembro, a última de 2023.

O orçamento de 175,3 milhões de euros, valor que traduz um crescimento de 20% face a 2023 e de 63,5% face a 2022, corresponde ao sexto de 47 pontos da ordem de trabalhos.

A sessão do órgão deliberativo contempla ainda a votação de um empréstimo de longo prazo que ascende aos 19 milhões de euros, a votação do Regulamento Municipal do Parque Habitacional, as delegações de competências na educação e na saúde, a aquisição da antiga fábrica Amadeu Miranda, para a instalação da Loja do Cidadão e de um centro de acolhimento empresarial e também os contratos-programa para 2024 com as cooperativas A Oficina, Taipas Turitermas, Tempo Livre, Turipenha e Fraterna, com as associações Laboratório da Paisagem e Centro de Ciência Viva de Guimarães e com as empresas CASFIG, Vimágua e Vitrus.