05 dezembro 2021 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Ases de Santa Eufémia pronto para a luta num “campeonato mais incerto”

Tiago Dias
Desporto \ sexta-feira, setembro 24, 2021
© Direitos reservados
A equipa vermelha e branca quer fazer melhor do que em 2020/21, o que passa necessariamente pela subida. Mas o plantel mudou, os adversários reforçaram-se e o pensamento “jogo a jogo” deve ser o foco.

O remodelado plantel do Ases de Santa Eufémia, alvo de “muitas saídas” e de seis entradas, incluindo a do ex-júnior, apresentou-se para a nova temporada com o propósito de “fazer melhor do que no ano passado”. “Isto significa ter mais vitórias e menos empates e menos derrotas”, sublinhou o treinador Hugo Silva na chuvosa noite de quinta-feira.

Na época 2020/21, o Ases de Santa Eufémia terminou a série C da 1.ª Divisão da Associação de Futebol de Braga na terceira posição, a um ponto da AD Oliveirense, formação promovida à Divisão de Honra. Portanto, a subida continua no horizonte da turma de Santa Eufémia de Prazins, mas o objetivo não será encarado necessariamente da mesma forma num “campeonato mais incerto” do que o de 2020/21, tal o reforço de outros plantéis da Série D, acrescentou. "No ano passado, tínhamos uma equipa que já vinha do ano transato, em que pouco mexemos a nível de plantel. Neste ano, tivemos muitas saídas e de ir ao mercado. Este mercado foi muito difícil e agressivo, devido a situações a que nós, equipas técnicas, somos completamente alheios", explicou o técnico.

O capitão de equipa tem a noção de que o Ases teve “grandes perdas” face ao plantel da época passada. Assim sendo, Coelho defende que a “expetativa de a todo o custo subir”, alimentada em 2020/21, deve ser trocada por uma postura de “disputar cada jogo como se fosse o último”. Essa atitude pode, aliás, ser vantajosa, face ao “grupo muito unido, trabalhador e comprometido” que treina às ordens de Hugo Silva. “Estamos bem cientes das dificuldades que vamos encontrar ao longo do campeonato: equipas duras, com qualidade. Já tivemos alguns testes com equipas similares.  Mas este é um grupo espetacular”, disse o médio de 31 anos.

Os reforços para 2021/22 são seis: os defesas Marcos e Santos (ambos ex-Selho), bem como Jota (ex-Unidos Aldão Cano), e ainda os médios Bruno (ex-Brito) e Bruno Silva, que estava sem clube. À margem da apresentação, Jota realçou que o Ases, clube com “boas infraestruturas e formação”, tenciona “apresentar uma equipa competitiva” e “ganhar jogo a jogo” na temporada 2021/22, que arranca a 03 de outubro, precisamente frente à sua ex-equipa.

Ciente das “dificuldades” do próximo campeonato, repleto de equipas “duras” e “com qualidade”, o defesa realçou que a equipa é “muito séria e comprometida com os objetivos da direção”, tendo a expetativa de “chegar o máximo acima possível”.

 

“Atletas jovens serão sempre o nosso futuro”

O presidente, Carlos Neves, confirmou que o objetivo é a subida à Honra. No entanto, Ases tem de o conseguir sem abdicar da aposta na formação. “Vamos com uma base sólida para conseguir ficar lá em cima, mas sempre com a formação a tentar alimentar”, diz o presidente.

A equipa de Santa Eufémia de Prazins tem realizado a pré-época com “miúdos da equipa de juniores”, até porque “atletas jovens serão sempre o futuro” do Ases, mesmo sendo necessários “jogadores experientes”

O dirigente sublinhou ainda que, enquanto liderar o Ases, nunca permitirá que o investimento em torno do clube se transforme no “projeto de uma pessoa só”, por muito favorável que possa parecer a curto prazo. “Alguns jogadores saíram de cá porque foram para situações bem melhores. São condições que não conseguimos dar. Temos de crescer pelo que somos, com várias pessoas a alicerçarem o projeto, seja a nível de trabalho, seja a nível de investimento. Em vários clubes, tem havido o projeto pessoal e não um projeto coletivo”, descreve.

 

PLANTEL ASES STA. EUFÉMIA 2021/2022

Guarda-redes: Vitinha, Marco e João;
Defesas: Pinheiro (ex-Serzedelo), Marcos (ex-Selho), Jota (ex-Unidos Aldão Cano), Zé, Tiago, Correia, Miranda e Santos (ex-Selho);
Médios: Cris, Bruno (ex-Brito), Luisinho, Coelho, João Tiago, Faneca e Bruno Silva (sem clube);
Avançados: Peixe, Diogo, Saga (ex-júnior) e Paulinho 

 

EQUIPA TÉCNICA

Treinador:  Hugo Silva;

Adjuntos: Pedro Costa, João Dias e Paulo Oliveira