20 junho 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

Água a jorrar de uma tampa preocupa moradores da rua da Quintã

Bruno José Ferreira
Sociedade \ quinta-feira, junho 06, 2024
© Direitos reservados
Há dois meses começou a sair água por uma tampa na via pública, na rua da Quintã e os moradores têm feito esforços para solucionar o problema. A Vimágua já esteve duas vezes no local.

Os moradores da rua da Quintã, na zona da Pedreira já na confluência com Sande São Martinho, têm demonstrado preocupação com o levantamento de uma tampa na via pública, “há já mais de dois meses”, que continuamente tem expelido água para o exterior. As autoridades já foram alertadas para esta situação, mas a realidade é que a mesma ainda não foi solucionada, causando transtorno no que diz respeito circulação, mas também pela água constante a correr pela rua.

“Da primeira vez que começou a sair água, como tinha terra e lama junto nem percebemos muito bem de onde era. Ligámos para a Vimágua a dar conta da situação, perguntaram se a água cheirava mal ou se era limpa”, expõe Jorge Cardoso ao Reflexo. “Nesse mesmo dia vieram cá, a Vimágua, viram de onde era, mas não fizeram nada”. Dá lá para cá os moradores têm-se desenvolvido em esforços, mas ainda sem efeito.

Para além da Vimágua – Empresa de Água e Saneamento de Vizela, também elementos da Junta de Freguesia de Caldelas estiveram no local, segundo os moradores. “Da segunda vez que cá veio, a Vimágua tirou a tampa e colocou fitas no local a sinalizar”, relata Jorge Cardoso. “Ninguém nos disse nada”, complementa o morador.

A situação, que se verifica no cruzamento da rua da Quintã com a rua Quintã de Cima era, de certa forma, já expectável face à quantidade de água existente nesta zona, considera o morador. “A quantidade de água aqui na rua já é muita, há muito tempo. Se calhar era um problema que se vinha a agravar, mas até agora não se via a água a sair. Agora começou a sair água e, mesmo com o calor que já se fez sentir, não para de sair”. Indica Jorge Cardoso que estamos perante uma zona que tinha “várias poças antigas”, que acabaram por ser “entubadas e numa das tampas sai a água”. O taipense teme que seja um problema de resolução complexa que envolva o entubar da água e o saneamento.

Contactada pelo nosso jornal, a Junta de Freguesia de Caldelas refere que esta situação foi “sinalizada” pelo executivo, pelo que foi feito o alerta para a Vimágua, entidade com competências nesta matéria. A Junta já por duas ocasiões solicitou a intervenção da empresa de água e saneamento, frisa a Junta. Também contactada pelo Reflexo, a Vimágua respondeu que "a água que surge na Rua da Quintã, freguesia de Caldelas, não tem origem, em infraestruturas da responsabilidade da Vimágua, tendo essa informação sido prestada, oportunamente, à Junta de Freguesia de Caldelas".