28 novembro 2022 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

50 anos depois, hasteou-se a bandeira de “uma escola com identidade forte”

Bruno José Ferreira
Educacao \ quarta-feira, setembro 28, 2022
© Direitos reservados
No dia em que completa meio século, a Escola Básica das Taipas deu início às celebrações, que se prolongam até ao fim do ano letivo. A "identidade forte" é o maior património construído nestes 50 anos

A Escola Básica das Taipas – hoje sede do Agrupamento de Escolas das Taipas – assinala esta quarta-feira meio século de existência, uma data simbólica para o estabelecimento de ensino, que foi celebrada com o hastear da bandeira, momentos musicais, dança e outros momentos que reuniram a comunidade escolar.

“Levamos na sacola ideais em construção” cantaram os alunos atuais na interpretação do hino da escola, mencionando o início como “escola preparatória” que inicialmente era “provisória”. Cinquenta anos passaram, celebrando-se no presente “uma escola com uma identidade forte” e com uma “grande ligação à comunidade”, vincou Adelina Pinto.

Vereadora municipal com o pelouro da educação e vice-presidente do município, Adelina Pinto esteve no assinalar dos 25 anos da escola, marcou presença esta quarta-feira, e comprometeu-se a estar nos 75, para continuar a acompanhar esta escola, em que destaca “a forte ligação com a comunidade, com as empresas – as cutelarias –, com as entidades desportivas e com todos nesta vila, de forma a fazer desta uma escola diferente”.

No entender de Adelina Pinto, a Escola Básica das Taipas é “fundamental para que as Taipas, no sentido comunitário, seja uma vila com uma identidade muito forte”. Se até há bem pouco tempo “o desafio era construir o espaço” atual da escola, daqui em diante a vereadora aponta que há outros desafios pela frente, “como a digitalização”.

Entre atuações da Banda Musical de Caldas das Taipas, dança da Academia Nokaute ou a concertina de Gonçalo Gonçalves, Cláudia Vieira, presidente do conselho geral do Agrupamento de Escolas das Taipas, salientou que “hoje somos uma grande comunidade” que tem como pilares “trabalho colaborativo, humildade, respeito e vontade de chegar mais além”, vincando que estamos perante “uma escola onde se quer e se gosta de estudar”.

João Montes, diretor do Agrupamento de Escolas das Taipas, mostrou-se honrado por marcar presença na “abertura deste ciclo de comemoração”, lembrando que “a escola de há cinquenta anos não é a de hoje”, enquanto defendia que o futuro está assegurado: “Soubemos construir a nossa identidade, forjar o presente e acalentar o futuro”, frisou.

Não faltou bolo de aniversário nem o tradicional cantar dos parabéns à escola, numa data que continuará a ser assinalada até ao final do ano letivo.