17 julho 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

25 de abril: Banda das Taipas em concerto no Centro Histórico de Guimarães

Bruno José Ferreira
Cultura \ terça-feira, abril 02, 2024
© Direitos reservados
Programação alinhavada com várias instituições do concelho foi apresentada esta terça-feira no Café Milenário - Largo do Toural. Contempla 35 iniciativas, entre concertos, exposições ou debates.

Ao todo são 35 eventos, de diversas formas de expressão cultural que vão da música ao cinema, passando por exposições ou debates. Com vários palcos, foi esta terça-feira apresentada a programação celebrativa do 25 de abril, um “programa mais robusto, mais rico e mais diverso até porque estamos a celebrar cinquenta anos da revolução”.

Foi com este mote que Paulo Lopes Silva apresentou a edição deste ano de “Abri com cantigas do Maio”, em pleno Café Milenário, com vista para o Largo do Toural, a praça central da cidade que tem “um simbolismo fundamental para o que foi o 25 de abril em Guimarães”.

Uma vez mais a programação faz-se em conjunto com a Câmara Municipal de Guimarães e com várias instituições vimaranenses, repetindo-se aquele que é, na opinião do vereador, “um modelo de sucesso”: “Esta abrangência permite-nos ter uma programação mais rica e um programa mais concentrado”, atira.

Entre a programação destaca-se a sessão solene da Assembleia Municipal às 11 horas do dia 25 de abri, no Teatro Jordão, sendo que à mesma hora decorre o concerto comemorativo do 25 de abril, promovido pela Banda das Taipas no Largo Condessa do Juncal. Da parte da tarde, no coreto do Jardim da Alameda, há o concerto ’50 anos de Abri’ com a participação de vários artistas.

Antes disso, num programa que se estende muito para lá do dia 25 de abril, a Sociedade Martins Sarmento começa a promover um ciclo de conferências denominado ‘Conversas em Liberdade’ e o Cineclube, para além de projetar filmes, vai “apresentar uma faceta pouco conhecida de Santos Simões, como fotógrafo”, frisou Carlos Mesquita. O presidente do Cineclube salientou que “Santos Simões fotografava muito bem e a ideia é pôr em exposição, e em catálogo, esse trabalho, não por ser Santos Simões, mas por ser um excelente fotógrafo”.

No dia 18 será criado no Toural um mural de artes plásticas, com dez metros, cujo “processo será público”, explicou Torcato Ribeiro. Este mural “não será fechado”, estando aberto à participação da população, sendo uma iniciativa organizada pelo Centro Infantil e Cultural de Guimarães.

Já esta quarta-feira têm lugar visitas guiadas e consulta de documentos sobre o 25 de abril no Arquivo Municipal Alfredo Pimenta, sendo as iniciativas de entrada livre, com exceção dos concertos ‘Sons da Liberdade’ e ‘Sons de Abril’, este último comentado por António Vitorino D’Almeida no dia 19 de abril.