29 fevereiro 2024 \ Caldas das Taipas
tempo
18 ºC
pesquisa

100 ANOS EM 10 MOMENTOS - Páginas históricas do CC Taipas

Bruno José Ferreira
Desporto \ quinta-feira, novembro 23, 2023
© Direitos reservados
No dia em que se completa o centenário do CC Taipas, o Reflexo sintetiza 100 anos em 10 momentos. Algumas das principais páginas que ajudaram a construir a essência do emblema do javali.

1923 – FUNDAÇÃO DO CC TAIPAS

A 19 de novembro teve lugar a reunião decisiva, no estabelecimento termal, em que se alinhavou a criação do clube. A entrega dos estatutos no Governo Civil de Braga teve lugar no dia 23 de novembro, sendo essa a data considerada como o momento da fundação do Clube Caçadores das Taipas. Um mês depois, a 23 de dezembro, é escolhido o emblema, tendo como símbolo um javali, e as iniciais CC Taipas, mantendo-se até hoje com essas feições.

 

1931 – REGULAMENTO INTERNO

No dia 8 de março de 1931, sensivelmente seis anos e meio após a fundação, o CC Taipas passa a ter o seu primeiro regulamento interno, com as normas e diretrizes de funcionamento das suas atividades.

 

1958 – CAMPEÃO 2.ª DIVISÃO DISTRITAL

A temporada futebolística 1957/1958 marca a primeira conquista futebolística do clube, que se sagra Campeão Distrital da 2.ª Divisão, na altura o escalão intermédio do futebol distrital. Trata-se do primeiro título oficial alcançado pelo clube.

 

1979 – JÚNIORES NOS NACIONAIS

Uma referência nas camadas jovens, destacando-se como um dos primeiros clubes a ter futebol juvenil, o CC Taipas chegou pela primeira vez aos nacionais na temporada 1978/1979, com a equipa de juniores a destacar-se a nível distrital, conquistando do direito de participar nas provas nacionais.

 

1995 – RELVADO CAMPO MONTINHO

Escasseiam registos relativamente ao Campo do Montinho, casa de sempre do CC Taipas, instalado no Lugar do Montinho. De um campo de tiro transformou-se em campo de futebol, sendo o campo mais antigo do concelho, sendo que a 12 de fevereiro foi inaugurado o relvado natural no recinto taipense, que perdura até aos dias de hoje e teve o custo de 15 mi contos (75 mil euros).

 

1998 – SUBIDA II DIVISÃO B

O dia 31 de maio de 1998 pinta-se como um dos mais gloriosos do CC Taipas, com a primeira subida à II Divisão B, patamar mais alto atingido pelo clube até hoje. Foi em Montalegre que, numa noite gélida de chuva, que os taipenses venceram por duas bolas a uma. Golos de Neiva e David permitiram ao CC Taipas vencer 1-2 e, assim, garantir uma subida histórica. 

 

1999 – OITAVOS DA TAÇA DE PORTUGAL

Com 24 presenças na prova rainha do futebol português (50 jogos), o CC Taipas teve na temporada 1998/1999 a sua campanha mais longa na Taça de Portugal. Serzedelo, União de Lamas, Felgueiras e Rio Tinto ficaram pelo caminho aos pés do CC Taipas. A 7 de março os taipenses mediram forças com o Esposende nos oitavos de final da Taça de Portugal, perdendo 1-2 no Montinho.

 

2001 – CAMPEÃO NACIONAL

No seu palmarés, o CC Taipas conta com um título nacional alcançado na temporada 2000/2002. Sob o comando do técnico João Cardoso, a equipa taipense sagrou-se campeã nacional da 3.ª Divisão, o único título nacional conquistado até agora.

 

2003 – BANCADA NOVA

Foi em 2003, há 20 anos, que o Campo de Montinho ficou com a configuração atual, através da construção da nova bancada. Uma infraestrutura de raiz, com balneários e salas multiusos nos pisos inferiores, que alargaram para sensivelmente 5 mil pessoas a lotação do recinto. Foi inaugurada a 22 de fevereiro de 2003 num jogo frente ao Leixões que acabou empatado a uma bola.

 

2015 – SINTÉTICO DE TREINOS

Pretensão antiga do clube, o ano 2015 significou a instalação de um segundo relvado no Montinho, com a construção do sintético – até então campo pelado – no campo de treinos. O CC Taipas pensou a dispor de dois campos de futebol 11, sendo um acréscimo significativo, essencialmente, para o futebol juvenil.