Visita de estudo dos alunos do Instituto Superior Técnico de Lisboa às Caldas das Taipas (1922)
Quinta-feira, Julho 20, 2017

Ao folhearmos as edições do “Jornal das Taipas”, o primeiro jornal editado nas Caldas das Taipas (1921-1924), com sede na Avenida da República, encontrámos a referência de que a 11 de julho de 1922, visitaram as Caldas das Taipas, alguns alunos do Instituto Superior Técnico de Lisboa.

Este grupo de alunos almoçou no Hotel das Termas, na época o mais moderno estabelecimento hoteleiro na povoação. No ano de 1915 inicia-se a construção do Hotel das Termas, com 69 quartos. A Primeira Guerra Mundial originou a carestia de materiais e a falta de operários, provocando assim sucessivos atrasos na construção da última ala do hotel, que apenas ficaria concluída em 1924.

Em 1918, esta moderna unidade hoteleira é inaugurada no mesmo período em que são abertos, no nosso país, o Hotel Termal de Caldas da Saúde e o Salus-Hotel do Vidago. O Hotel das Termas construído pela Empresa Termal das Taipas S.A.R.L. detentora até 1986 da exploração das águas termais, possuía uma ampla galeria envidraçada, que possibilitava aos seus hóspedes deslocarem-se diretamente do quarto para o balneário termal ao abrigo das correntes de ar. No rés-do-chão desta unidade hoteleira encontrava-se um monumental átrio, sala de jantar (com piano de cauda), sala de leitura e escrita, sala de fumo, sala de jogos, barbearia, cozinha e jardim interior. No seu interior existiam duas banheiras de imersão em mármore, semelhantes às existentes no balneário termal, para os hóspedes, que pretendessem realizar tratamentos termais no próprio hotel. O acesso ao primeiro piso efetuava-se por duas majestosas escadarias. O próprio mobiliário, na época, era considerado moderno, com o monograma “HT” e possuía serviço de louças exclusivo produzido pela fábrica de porcelana da Vista Alegre. Este edifício era enquadrado por um frondoso parque, possuindo garagens e campos de ténis para os seus hóspedes.

Neste artigo publicado há 95 anos, é dito que que estes alunos universitários tiveram no Hotel das Termas um almoço em que reinou sempre, a mais franca alegria e a melhor camaradagem. O Instituto Superior Técnico foi fundado a 23 de maio de 1911 pelo Engenheiro Alfredo Bensaúde. Aquando da visita de estudo dos alunos do Instituto Superior Técnico às Caldas das Taipas, o Engenheiro Alfredo Bemsaúde cumpria o seu último ano como diretor desta instituição. Atualmente, esta instituição universitária é a maior Escola de Arquitetura, Engenharia, Ciência e Tecnologia em Portugal.

Podemos dizer, que nesta época, tanto no Hotel da Termas e no Grande Hotel Vilas (primeira unidade hoteleira desta povoação) encontrámos conceituados hóspedes, que no campo cultural, universitário, artístico, político e industrial eram uma referência a nível nacional. A dinâmica do termalismo e da indústria hoteleira taipense, na década de 20 do século XX, está bem patente no conforto destes estabelecimentos hoteleiros e no estabelecimento termal (“Banhos Novos”) frequentados por ilustres visitantes.