PUB
Valores e projecto de vida
Segunda-feira, Março 31, 2008

Sabemos que sempre houve, sempre haverá, e há, por variadíssimas razões, jovens inquietos. Interrogam-se acerca do sentido da vida, querem saber por quais valores devem orientar a sua vida, desejam propostas que os encham e lhes tragam a felicidade.

É verdade que alguns enchem a sua vida de droga, álcool ou sexo, mas mesmo esses desejam ao mesmo tempo algo de mais consistente. Sentem que não é por aí que se caminha para a verdadeira liberdade, para a alegria de viver.

Foi a pensar nesta realidade que decidimos desenvolver, durante os próximos artigos, a temática dos valores humanos como pontos de referência que devem orientar a maneira de pensar, de sentir e de viver dos jovens e, evidentemente, dos adultos.

Como fonte, seguiremos o livro de Pedrosa Ferreira, das Edições Salesianas, cujo título é: Valores Humanos, uma proposta para grupos de jovens. Este livro é um bom subsídio para a educação de alguns valores que nos ajudam a crescer como pessoas. Evidentemente que não se apresentam todos os valores. Apenas quinze e todos muito ligados entre si por um elo que se chama solidariedade ou amor fraterno.

A felicidade está em termos valores de referência pelos quais vale a pena viver. A felicidade conquista-se lutando por ideais. Por isso, apresentamos esses quinze valores, que são para interiorizar e praticar. Aqui estão eles, apresentados ao jeito das bem-aventuranças.

1. Felizes os que, vivendo entre pessoas tristes, apostam em irradiar uma grande ALEGRIA de viver.

2. Felizes os que procuram essa BELEZA que os anos não roubam, porque é uma beleza de alma, de espírito.

3. Felizes os que confiam que o DIÁLOGO é a melhor forma das pessoas se conhecerem cada vez melhor e se amarem.

4. Felizes os que vivem ECOLOGICAMENTE, porque são sensíveis à importância de manter a Terra habitável.

5. Felizes os que trabalham sinceramente pela PAZ, porque estão a preparar um mundo melhor.

6. Felizes os que se sentem RESPONSÁVEIS pelos outros, porque estes precisam de nós para terem vida abundante.

7. Felizes os SOLIDÁRIOS, porque o nosso tempo irá dar-lhes ocasião de o manifestarem em actos.

8. Felizes os que entenderam o valor da AUSTERIDADE, porque mais importante do que ter é ser.

9. Felizes os que estão sempre DISPONÍVEIS para servir, porque há maior alegria em dar do que em receber.

10. Felizes os que espalham no mundo sementes de ESPERANÇA, porque a colheita será abundante.

11. Felizes os que são GENEROSOS, disponíveis para partilhar os bens e a vida, porque serão verdadeiramente ricos.

12. Felizes os que têm fome e sede de JUSTIÇA, porque verão nascer uma sociedade mais igualitária e fraterna.

13. Felizes os que são SINCEROS de coração, porque só a verdade os fará verdadeiramente livres.

14. Felizes os TOLERANTES, porque nesta sociedade pluralista darão testemunho de respeito pela dignidade humana.

15. Felizes todos os que não se deixam escravizar pelo egoísmo, porque serão fermento de um mundo de LIBERDADE.