Mais de um milhão e meio de euros para instituições de solidariedade social do concelho
Mais de um milhão e meio de euros para instituições de solidariedade social do concelho
Segunda-feira, Maio 15, 2017

A atribuição de subsídios às instituições de solidariedade social de Guimarães aprovada em reunião de Câmara corresponde a um total de 1.511.444,57 euros. O Centro Social Recreativo e Cultural de Campelos que recebe 60 mil euros de apoio para este ano.

“Os subsídios de maior relevo”, explica a proposta aprovada em sede de reunião de Câmara, “referem-se maioritariamente a candidaturas para obras de requalificação ou ampliação de espaços destinados a respostas sociais de suma importância para a comunidade envolvente, e que respondem às necessidades plasmadas no Plano de Desenvolvimento Social para o Crescimento Inclusivo 2015-2020”. É o caso do Centro Social Recreativo e Cultural de Campelos que recebe 60 mil euros de apoio para este ano.

Na zona norte do concelho, destaque ainda para o Centro Social Cultural Desportivo e Recreativo de Vila Nova de Sande (60 mil euros), a Castreja Cooperativa de Apoio Social e Cultural (31 mil euros), o Centro Social Padre Manuel Joaquim de Sousa (23.500 euros), Centro Social Paroquial de Vila Nova de Sande (6.742,93 euros) e o Centro Sócio-Cultural e Desportivo de Sande S. Clemente (13.862,10 euros).

A instituição que recebe um financiamento de maior monta é o Patronato de São Sebastião, contemplado com um montante de 100 mil euros, direcionados sobretudo para as obras que estão a ser realizadas neste momento.