Terceira edição da Estafeta da Amizade ligou Guimarães a Braga
Terceira edição da Estafeta da Amizade ligou Guimarães a Braga
Alfredo Oliveira
Domingo, Abril 22, 2018

Sob o lema “Duas Cidades, um Território”, a corrida entre Guimarães e Braga registou a inscrição de 270 equipas, superando um milhar de participantes (1080).
O registo da foto marca a ponte entre as duas cidades.

A terceira edição da Estafeta da Amizade, num “verdadeiro exemplo de coesão territorial”, teve lugar este domingo, 22 de abril, com o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, a dar o tiro de partida.

“Através do desporto, com esta iniciativa, as cidades de Guimarães e Braga dão o exemplo da valorização das iniciativas em conjunto”, referiu Domingos Bragança.

O presidente da Câmara Municipal de Guimarães manifestou a vontade numa cooperação mais alargada ao nível do território: “Cada vez mais é importante potenciar os projetos e iniciativas que sejam comuns à valorização do território e das pessoas”.

Por sua vez, o autarca do município de Braga, Ricardo Rio, considerou que “todos têm a ganhar na união entre estas duas grandes cidades”, destacando o “potencial em vários sentidos” e apontou que “as rivalidades não fazem sentido quando estamos num espírito de valorização do território”.

Esta terceira edição contou com a participação do vereador do Desporto da Câmara de Guimarães que, juntamente com Ricardo Rio e as atletas Filomena Costa e Dulce Félix, constituíram uma das equipas participantes. Ricardo Costa enalteceu “o aumento do número de participantes”, advertindo que “está na hora de dar um salto maior”, lançando o desafio a “todos os clubes e instituições desportivas de Braga e Guimarães para participarem neste evento em próximas edições”.

A Estafeta da Amizade, organizada pela GlobalSport, afirma-se de ano para ano através da participação mas também da promoção da igualdade de género, associando a partilha social com a receita das inscrições a reverter a 100% para as CERCIS das duas cidades. Nesta edição foi acumulado um valor total de 2.700 euros a dividir pelas duas instituições.

Para a posteridade registou-se a vitória da equipa “Hakuna Matata”, constituída por Marta/Mariana/Francisco/Ricardo, com o tempo de 01h07m48s.

O Núcleo de Atletismo das Taipas esteve igualmente representado por diversas equipas.

Classificações