Sociedade Martins Sarmento apresentou um novo guia da Citânia de Briteiros e Castro Sabroso
Sociedade Martins Sarmento apresentou um novo guia da Citânia de Briteiros e Castro Sabroso
DR
Quarta-feira, Dezembro 23, 2020

A Sociedade Martins Sarmento apresentou no passado dia 21 de novembro, dia em que celebrou 139 anos de história, um novo guia da Citânia de Briteiros e do Castro Sabroso, intitulado “Citânia de Briteiros e Castro de Sabroso. Memória Histórica e Arqueológica”. Da autoria do arqueólogo Gonçalo Cruz esta publicação surge na sequência das publicações iniciadas em 1930 por Mário Cardoso.

Esta nova versão, que já se encontra à venda, tem o design de Cláudio Rodrigues e tem a particularidade de ser bilingue, contendo a informação em português e inglês, sendo o esforço de “um trabalho em equipa”, segundo o autor Gonçalo Cruz na cerimónia de apresentação, que, em virtude da pandemia, acabou por decorrer online.

Gonçalo Cruz referiu que este trabalho teve como premissa “escrever um texto que não fosse muito extenso e acessível a várias pessoas, sem termos muito técnicos” que possa ser, ao mesmo tempo, “um guia mas também uma fonte de investigação” académica e para os interessados por estas temáticas.

“Os visitantes que vão à Citânia colocam questões, que tendem a repetir-se um pouco: questões como quem eram estas pessoas, de onde vieram, porque é que se foram embora, porque é que o castro foi abandonado, o que é que comiam, o que é que vestiam, se tinham casamento; questões que chegam ao pormenor. Adaptámos o texto procurando responder a essas questões”, ressalva Gonçalo Cruz.

Tendo a Pedra Formosa como imagem de capa, um ícone da Citânia de Briteiros que é a imagem da freguesia e da própria sociedade, este guia com 77 imagens incluiu o Castro Sabroso, algo que não acontecia em edições anteriores. Isto prende-se com o facto de o Castro Sabroso não ser “um sítio arqueológico que esteja visitável, desde há muitos anos”. Mas, como se está a trabalhar numa intervenção que torne isso viável, o Castro Sabroso é também parte integrante deste guia.

Paulo Vieira de Castro, presidente da Sociedade Martins Sarmento, marcou também presença na cerimónia, salientando o facto de estarmos perante “lugares interessantíssimos sob o ponto de vista histórico, arqueológico e também paisagístico”, pelo que, no seu entender, e corroborando da ideia de Samuel Silva, condutor da cerimónia de apresentação, deve ser aproveitado pelo município sob o ponto de vista turístico. O presidente da Sociedade Martins Sarmento recordou que esta entidade aguarda pelo resultado de uma candidatura no âmbito do Programa PROVERE que possibilite a intervenção no Castro Sabroso, de forma a que possa ser alvo de visitas.