PUB
Silêncio, que se vai cantar o fado nos Banhos Velhos!
Silêncio, que se vai cantar o fado nos Banhos Velhos!
Alfredo Oliveira
Sexta-feira, Agosto 17, 2018

Este sábado, nos Banhos Velhos, pelas 22h, o Grupo de Fados da Vila irá apresentar, certamente, algumas das músicas do seu novo CD.

O Grupo de Fados da Vila é formado por músicos das Caldas das Taipas e de outras zonas do concelho de Guimarães. Nas suas atuações contam com um reportório variado dentro do estilo musical fadista, onde apresentam, ao vivo, temas do Fado de Coimbra e de Lisboa, onde se conjugam temas de sátira e de melancolia.

Definem-se como um grupo de amigos que se junta para tocar a paixão que os une, o fado, como afirmaram numa entrevista publicada no jornal Reflexo em finais de 2017. Fado de Coimbra, “que puxa mais ao sentimento, que mexe mais com as pessoas”, como dizia António Maria. A ideia, complementada por Carlos Mendes, que acrescentava que “o fado é um transmissor de sentimentos, transmitimos a saudade, o carinho e as agruras típicas dos portugueses”.

As influências deste grupo vão desde Fernando Machado Soares e Luís Goes, sem esquecer, noutro enquadramento, “a voz” da Amália Rodrigues. Zeca Afonso está também sempre presente na sua vertente mais universitária coimbrã.

A composição base do grupo passa por Carlos Mendes, a voz do Fado de Coimbra, Alberto Tarau, a voz do Fado de Lisboa, José Maia, a voz do fado humorístico, sempre acompanhados por António Maria, na guitarra portuguesa e Lino Manso, na viola.